GOLPE

Três pessoas são presas em Teresina por aplicar golpes na internet

Os suspeitos utilizavam identidade de pessoas conhecidas na sociedade de Teresina para realizar falsas compras na internet


Policial civil em operação

Policial civil em operação Foto: Arquivo/Polícia Civil

A Delegacia de Repressão aos Crime de Informatica (DRCI) deflagrou a 'Operação Péssimo Negócio' nessa quarta-feira (19) e prendeu três pessoas em Teresina. A operação investiga suspeitos de crimes de estelionato e associação criminosa, que atuam praticando golpes na internet.

Segundo a Polícia Civil, os investigados integram associação criminosa que, de forma habitual, praticava golpes contras diversos Teresinenses. Os suspeitos usavam identidade de pessoas conhecidas na sociedade de Teresina para realizar falsas compras em sites e aplicativos de negociação direta, levando as pessoas que anunciavam seus produtos a erro.

Por meio de investigações e diligências em ambiente cibernético, a Polícia Civil conseguiu identificar mais de 15 vítimas no Piauí além de identificar e localizar envolvidos nos crimes. Inicialmente foi presa a uma mulher de iniciais E. K.  e no seguimento a investigação a polícia representou pela prisão preventiva de mais duas pessoas envolvidas nos crimes, produzindo falsos comprovantes de pagamento e realizando as negociações. Um motorista de aplicativo foi preso temporariamente. As prisões foram realizadas nas zonas sul e norte de Teresina.

Até o momento, foi constato que o grupo fez mais de 20 vítimas. A Polícia Civil ressaltou que o uso de dados e identidades falsas, na internet ou pessoalmente, não é barreira para o trabalho investigativo da Polícia Civil. A operação ocorreu com o apoio da Gerência de Polícia Especializada (GPE) e Diretoria de Inteligência da Secretaria de Segurança Pública (DINT SSP).

Mais informações em breve!

Fonte: SSP-PI

Próxima notícia

Dê sua opinião: