Polícia volta a fazer buscas no apartamento do empresário Luís Neto

Luís Nunes Neto é genro do prefeito Mão Santa e está sendo investigado por grilagem de terras


Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado - GAECO

Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado - GAECO Foto: Imagem ilustrativa/Divulgação

A polícia voltou a fazer buscas no apartamento de luxo do empresário Luis Nunes Neto, esposo da delegada Cassandra Moraes, e genro do prefeito Mão Santa. Na manhã desta sexta-feira (31), equipes do Grupo de Repressão ao Crime Organizado (Greco) e do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) cumpriram mandado de busca e apreensão na residência do empresário, na zona Leste da capital.

Luis Neto é alvo da "Operação Nullius" ,que investiga crimes de grilagens de terras no Piauí. Na residência do empresário, os policiais ficaram por cerca de uma hora e apreenderam um computador e outros materiais. A investigação é sigilosa e o Piauí Hoje não conseguiu maiores detalhes.

Empresário Luis Nunes NetoEmpresário Luis Nunes Neto/Foto: Redes sociais 

A Operação Nullius foi deflagrada no dia 28 de maio, para cumprir a 31 mandados de busca e apreensão e dois mandados de prisão. Um dos presos é servidor da Assembleia Legislativa, Mádson Roger Silva Lima, suspeito de grilagem de terra e organização criminosa. O segundo mandado era contra Luis Neto, que não foi localizado no dia da operação e conseguiu habeas corpus no mesmo dia, tendo o mandado de prisão suspenso.

LEIA TAMBÉM:  Justiça suspende mandado de prisão do genro do Mão Santa

Fonte: Redação Piauí Hoje

Próxima notícia

Dê sua opinião: