INVESTIGAÇÃO

Polícia investiga se empresário morto em Porto liderava rede de crimes

Um dos suspeitos de participar do crime se entregou à polícia


Empresário é assassinado em Porto

Empresário é assassinado em Porto Foto: Reprodução

Um dos suspeitos de participar do assassinato do empresário Hélio Andrade da Silva, de 40 anos, se entregou à Polícia Civil da cidade de Porto, no Norte do Piauí. O homem foi identificado como Gabriel David da Silva. O empresário foi morto com um tiro no rosto na casa onde morava, em Porto.

Segundo o portal Longah, em depoimento Gabriel revelou uma suposta rede de crime e uma lista de mortes, em que era comandada pelo empresário Hélio Andrade. O suspeito ainda citou nomes de outros integrantes do grupo, dizendo que eles mataram o empresário para se defender já que estavam na lista.

A declaração de Gabriel foi feita na presença de um advogado criminalista. Agora, a polícia está unindo provas que buscam identificar a real motivação do crime. 

 Hélio Andrade da Silva, de 40 anos, foi encontrado morto na manhã de sexta-feira (04/06) dentro de casa. Ele era proprietário da Churrascaria Marruás. Hélio respondia a processo judicial sob acusação de ter assassinado um jovem em Campo Maior.

Leia também:

Garçom é assassinado a tiros ao sair do trabalho na zona Norte de Teresina

Mulher morta pelo ex-marido em Teresina sofria ameaças e era escoltada por seguranças

Fonte: Longah.com

Próxima notícia

Dê sua opinião: