ESTUPRO DE VULNERÁVEL

Polícia investiga dois suspeitos de estuprar menina grávida pela 2ª vez em Teresina

A vítima foi estuprada a primeira vez com 10 anos e ficou grávida. Agora, com 11 anos, ela foi estuprada novamente


Estupro de vulnerável

Estupro de vulnerável Foto: Imagem ilustrativa

O caso da menina de 11 anos que foi estuprada duas vezes e está grávida pela segunda vez em Teresina, tem repercutido nacionalmente. A investigação está sendo realizada pela Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA), que apura o envolvimento de dois homens do núcleo familiar da vítima como suspeitos do segundo estupro.

De acordo com a delegada titular da DPCA, Lucivânia Vidal, sete pessoas já foram ouvidas e no ambiente onde a menina vivia, moram mais cinco crianças mais novas que estão vulneráveis.  Os dois suspeitos ainda não foram ouvidos.

A delegada revelou que houve negligência por parte da família ou dos órgãos que formam a rede de proteção da vítima após a primeira gravidez, como Conselho Tutelar, Centro de Referência de Assistência Social (Cras), Centro de Referência Especializada de Assistência Social (Creas) e outros.

No primeiro estupro, o abusador era um primo da menina, que foi assassinado meses depois da descoberta da gestação. O processo foi arquivado. Na época, a criança tinha 10 anos e deu à luz em setembro do ano passado. 

Menina de 11 anos que teve aborto negado no Piauí é estuprada pela 2ª vez e está grávida

Menina de 11 anos que engravidou de gêmeos após estupro realiza aborto no PI

Fonte: Com informações do G1

Próxima notícia

Dê sua opinião: