OPERAÇÃO

Polícia deflagra operação para prender 16 suspeitos de roubos em Teresina

Até o momento 15 pessoas foram presas por roubo qualificado


Presos na Operação Independência

Presos na Operação Independência Foto: Divulgação/Polícia Militar

A Divisão de Capturas da Polícia Civil do Piauí (Dicap) deflagrou, nas primeiras horas desta quinta-feira (04), a 'Operação Independência' para dar cumprimento a 16 mandados de prisões em Teresina. Até o momento 15 pessoas suspeitas de roubo qualificado foram presas. 

A maioria dos mandados são contra suspeitos de roubos, mas há também casos de homicídio, estupro, Lei Maria da Penha, etc. Várias equipes policiais estão nas ruas para dar cumprimento aos mandados. O nome da operação é em alusão às comemorações do dia da Independência do Brasil.

Um dos presos, Antônio Bruno, é reincidente. Ela fazia uso da  tornozeleira eletrônica e já havia sido preso duas vezes. Já o suspeito Francisco Douglas de Almeida, foi preso na Avenida Barão de Castelo Branco, na zona Sul de Teresina. Ele é acusado de homicídio e envolvido com roubos.

Lista de presos:

  1. Fernando dos Santos Sousa (Homicídio);
  2. Luiz Gomes Pedreira Filho (Lei Maria da Penha);
  3. Izaias Pereira Xavier (Roubo);
  4. Antônio Bruno Alves Neres (Roubo);
  5. Alysson Wesley Sousa Rocha (Roubo);
  6. Romulo Felipe Alves de Morais  (Roubo);
  7. Erasmo Carlos da Silva (Lei Maria da Penha);
  8. Francisco Douglas Almeida (Homicídio);
  9. Tiago Vinicius dos Santos (Roubo);
  10. Jhonatas Vinicius de Sousa Soares (Roubo);
  11. José Willians Magalhaes Silva (Roubo);
  12. Hudson Delfino Santana (Receptação);
  13. Wellington Rafael Pimentel Rodrigues (Roubo);
  14. Erasmo Pereira dos Santos (Lei Maria da Penha);
  15. Francisco José Marreiros Costa (Lei Maria da Penha).


Fonte: SSP-PI

Próxima notícia

Dê sua opinião: