BATALHA

Morre "Manel do Morro", um dos mais antigos líderes camponeses do Piauí

Monoel Pereira, de 85 anos, foi militante histórico do Partido dos Trabalhadores de Esperantina


Sindicalista Manoel Luiz Pereira, de 85 anos

Sindicalista Manoel Luiz Pereira, de 85 anos Foto: Divulgação/Deputado Francisco Limma

O sindicalista Manoel Luiz Pereira, de 85 anos, morreu nesta terça-feira (22) de causas naturais em sua residência, no povoado Bela Vista, em Batalha, Norte do Piauí. De acordo com presidente do Partido dos Trabalhadores (PT) no Piauí, Deputado Estadual Francisco Limma, “Manel do Morro” como era conhecido, era um homem coerente e de uma oratória impecável.

Militante histórico do Partido dos Trabalhadores de Esperantina, Manoel também foi um dos fundadores da FAMCC (Federação das Associações de Moradores e Conselhos Comunitários) com uma atuação marcante na política e sindicância junto ao Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Teresina (STTR) de Esperantina. Ligado também a Federação dos Trabalhadores Rurais Agricultores e Agricultoras Familiares do Estado do Piauí (FETAG-PI).  

Segundo o Deputado Estadual Francisco Limma, Manoel era agricultor, sempre presente nas lutas sindicais pelo direito dos trabalhadores e por mais garantias ao homem e a mulher do campo, já tendo recebido, inclusive, a medalha Mérito Renascença pelos seus préstimos ao progresso do Piauí.

“Era um dos fundadores do PT no estado, inclusive candidato a vereador no município de Esperantina. Uma pessoa forte, ligado aos movimentos populares, não só no Piauí, mas a nível nacional. Homem coerente e de uma oratória impecável”, ressaltou o deputado.

 *Rafaela Leal, estagiária sob supervisão do jornalista Luiz Brandão.

Próxima notícia

Dê sua opinião: