ESTELIONATO

Homem é preso duas vezes em fevereiro fingindo ser advogado e policial em Teresina

Suspeito foi preso duas vezes em menos de um mês pela prática de estelionato e extorsão, de acordo com o GRECO


Documento apreendido por policiais do GRECO

Documento apreendido por policiais do GRECO Foto: Divulgação

O homem identificado como Afonso Soares Brandão Júnior foi preso novamente nesta quinta-feira (27), em um apartamento localizado na zona Norte de Teresina, acusado de extorsão e estelionato, segundo informações repassadas pelo GRECO. Desta vez, a polícia descobriu que o suspeito estava se passando por advogado e usando a sala da OAB que fica no prédio do Tribunal de Justiça do Piauí. 

Afonso havia sido preso por policiais do Grupo de Repressão ao Crime Organizado (GRECO) no último 12 de fevereiro, no bairro Santa Maria da Codipi, ao se passar como delegado de Polícia Civil e fazer diversas vítimas. No local da prisão foram encontrados vários equipamentos de uso policial como distintivos, colete, algemas, funcional e uma pistola calibre 380 com três carregadores. 

O titular do GRECO, delegado Tales Gomes, informou que ao ter sido liberado após a primeira prisão, o suspeito era contratado para dar entrada em processos judiciais, mas ao ser pago os processos não eram iniciados na Justiça. O preso também se passava por policial e entrava na casa das pessoas.

Próxima notícia

Dê sua opinião: