ESCÂNDALO

Ex-detento está ameaçado de morte após denunciar torturas na Cadeia Pública de Altos

Em novo vídeo, presos encenam torturas sofridas dentro da Cadeia Pública de Altos e fazem apelo ao governador Wellington Dias por condições dignas nos presídios do estado


Deivid Rodrigues e Franciel Pinto haviam sido presos pela GRECO por aplicar golpes bancários no interior do Piauí

Deivid Rodrigues e Franciel Pinto haviam sido presos pela GRECO por aplicar golpes bancários no interior do Piauí Foto: Reprodução/WhatsApp

Um dia após gravar depoimento em vídeo denunciando as torturas praticadas contra os apenados da Cadeia Pública de Altos (CPA), localizada a 38 quilômetros de Teresina, o ex-detento Deivid Rodrigues de Oliveira revelou estar sendo ameaçado de morte constantemente através de ligações anônimas desde a última sexta-feira (15).

“Estou recebendo inúmeras ligações aqui e tudo em número privado, fiquei até um pouco receoso depois que fiz isso [as denúncias], mas já tá feito e não relatei nenhuma mentira, tudo que falei é verdade. Eles falam que vão me achar pelo fato de saber que eu tou de monitoramento eletrônico, ‘eu sei onde você tá, não adianta que a gente vai te achar’, eles falam o tempo todo isso pra mim com diversas vozes, já ligou mulher, ligou homem, todo mundo falando a mesma coisa e, se eles sabem onde eu tou é porque devem ter acesso à Central de Monitoramento, né”, informou.

Deivid Rodrigues relata ameaça de morte

Em novo vídeo, Deivid ao lado de Franciel Arnaud Pinto, que também esteve preso na Cadeia Pública de Altos, faz apelo ao Governador do Piauí, Wellington Dias, à vice-Governadora Regina Sousa, ao Juiz Vidal de Freitas, da Vara de Execuções de Teresina e instituições voltadas aos Direitos Humanos. A dupla pede condições dignas para os detentos do sistema penitenciário do Piauí.


Os ex-apenados relatam e encenam mais casos de violência sofrida dentro dos pavilhões da CPA. Em determinado momento do novo vídeo é possível ver uma parte da cabeça de Franciel sem cabelo. O local teria sido atingido por golpe de cassetete durante abordagem dos agentes penitenciários.


Próxima notícia

Dê sua opinião: