MONSENHOR GIL

Casal suspeito de arrastão é perseguido e atropelado pelas vítimas roubadas na BR-316

Dupla havia roubado sete celulares e R$ 2.300 reais de pessoas que estavam em um bar na comunidade Estaca Zero


Casal foi preso na região da Estaca Zero na BR-316

Casal foi preso na região da Estaca Zero na BR-316 Foto: Reprodução

Roniel Costa de Brito e Rejane Maria Ferreira Silva foram presos após realizarem um arrastão no bar da Veveta, situado às margens da BR-316, na comunidade Estaca Zero, que fica na zona rural de Lagoinha do Piauí. O caso aconteceu por volta das 00h40 desta quinta-feira (17).

Durante o arrastão, sete celulares e R$ 2.300 reais foram levados pela dupla. Entretanto, o casal foi perseguido pelas vítimas até a cidade de Monsenhor Gil, onde chegaram a ser atropelados, mas tiveram poucos ferimentos e foram presos por uma guarnição sob o comando do subtenente Geailson Lima.

“Diversas pessoas estavam no trailer quando três pessoas chegaram no local em duas motos modelo Bros, sendo que em uma delas estava um casal e na outra estava um homem com uma bolsa de entregador de pizza nas costas. Logo ao chegarem no trailer eles anunciaram o assalto, onde levaram sete aparelhos de telefone celular, R$ 2.000 de um cliente e mais R$ 300 da dona do estabelecimento. Um dos criminosos estava com uma arma e outro deles estava com um simulacro”, relatou o comandante.

O casal foi conduzido até a Delegacia Regional de Água Branca, onde foram autuados em flagrante. O terceiro suspeito de participar do crime conseguiu empreender fuga e não foi localizado até o fechamento desta reportagem. Os PMs constataram ainda que a moto utilizada pelo casal havia sido roubada em Monsenhor Gil há 13 dias.

Os celulares roubados juntamento com o dinheiro foram recuperados e restituídos aos seus donos.

Próxima notícia

Dê sua opinião: