JOGANDO CONTRA

Prefeito bolsonarista é acusado de barrar obra do estado em Cacingó, no Norte do Piauí

A confusão está formada, mas a direção da empresa responsável pela obra diz que os serviços serão retomados na segunda-feira (17)


O prefeito de Caxingó, Magnum Cardoso, do PP

O prefeito de Caxingó, Magnum Cardoso, do PP Foto: Redes sociais

O prefeito de Caxingó, o bolsonarista Magnum Cardoso, do PP, está sendo acusado de impedir a realização de obras bancadas pelo estado naquele município da região Norte do Piauí.

Moradores do povoado Bom Jesus, em Caxingó, estariam revoltados com o prefeito por ele ter mandado parar a obra de calçamento na principal área do povoado.

De acordo os moradores, ao saber que o Governo do Estado estava dando início ao calçamento, o prefeito foi até o local para impedir que os operários continuasse a obra.

Segundo relato dos operários da empresa Erla Construções, o prefeito chegou ao local zangado e gritando palavra de baixo calão e dando ordem para parassem a obra ali mesmo.

De acordo com  proprietária da empresa disse que o prefeito chegou até acionar uma viatura da Polícia Militar como apoio para que os funcionários da obra abandonassem o serviço daquele local.

A direção da empresa explicou que a Erla venceu licitação realizada por órgão estadual e que tem a obrigação contratual de realizar e entregar a obra e que só para os serviços se o órgão contratante mandar parar.

O secretário de Segurança, coronel Rubens Vieira, e o Comandando da Polícia Militar já foram acionados para garantir a segurança dos operários.

Há informação de que uma viatura da PM com policiais teriam dado cobertura ao prefeito. Mas o comandante da Companhia da PM de Cocal da Estação, Capitão Viana, negou que tenha havido apoio policial para barrar a obra. Ele disse que o prefeito não pode barrar uma obra do estado.

A direção da empresa responsável pelo calçamento disse que já tomou as medidas necessárias para que a obra seja retomada na próxima segunda-feira (17). A PM vai mandar apurar a conduta dos PM's envolvido na ação do prefeito.

Magnum Cardoso foi eleito em 2010 com 50,22% dos votos. Obteve 2.310.

Veja também:

VÍDEO: Avião de pequeno porte faz pouso forçado na PI-111 em União

Calor choca ovos e codornas nascem em cartela na prateleira de supermercado em Campo Maior

Jovem de 18 anos morre ao usar celular ligado à tomada em União

Fonte: Portal do Águia

Próxima notícia

Dê sua opinião: