REUNIÃO

Líderes comunitários participam de reunião on-line e dialogam sobre obra de esgoto

O líder comunitário Pedro Ferreira, do Parque Piauí, está ansioso pelas obras


Lives com lideres comunitários

Lives com lideres comunitários Foto: Divulgação

Na manhã desta segunda-feira (20), a Águas de Timon reuniu líderes comunitários para dialogar sobre a nova obra de esgotamento sanitário que será realizada no município. Em atendimento às recomendações dos órgãos de saúde, o encontro aconteceu de forma virtual e as lideranças apresentaram sugestões sobre os serviços prestados pela concessionária.

“Nós realizaremos a obra para implantação de cerca de cinco quilômetros rede de esgoto na avenida Teresina, no trecho entre a rua 17 e a avenida Piauí. Entendendo que os líderes conhecem intimamente a situação de sua comunidade, buscamos essa reunião para elucidar as dúvidas e explicar de forma mais efetiva sobre a obra”, explica o gerente de sustentabilidade da Águas de Timon, Pedro Alves.

O líder comunitário Pedro Ferreira, do Parque Piauí, está ansioso pelas obras. “Com o esgotamento sanitário, a Águas de Timon vai promover mais saúde para todos os moradores. Entendo que isso é muito positivo e estou muito feliz que estamos dando esse passo”, conta.

Obra de esgoto
A obra para implantação da rede de esgoto na avenida Teresina terá a duração de três meses e, para viabilizar a execução do serviço, o trânsito poderá ficar lento no local. “Nós trabalharemos por trechos, de forma a reduzir os impactos ao tráfego da região. Assim, indicamos que os moradores usem as rotas alternativas, certos de que esse transtorno será breve, enquanto os benefícios da obra serão a longo prazo”, explica o gerente de operações da Águas de Timon, Renee Chaveiro.

A ampliação da cobertura de esgotamento sanitário traz impactos positivos no desenvolvimento da cidade, com ganhos socioeconômicos e na saúde, qualidade de vida, como a redução de doenças por veiculação hídrica. Os imóveis atendidos com rede de esgoto ganham ainda em valorização imobiliária.

Fonte: Ascom Aguas de Timon

Próxima notícia

Dê sua opinião: