PROTESTO

Teresina: Entregadores de aplicativos fazem manifestação pedindo por mais segurança

Protesto começou na ponte estaiada e seguiu até a sede da PMT.


Protesto realizado hoje (20)

Protesto realizado hoje (20) Foto: Divulgação

Na final da manhã desta quarta-feira (20), entregadores de aplicativos fizeram uma manifestação pedindo mais segurança para a categoria. O protesto começou na Ponte Estaiada e seguia até o Palácio da Cidade , além de reivindicar mais segurança, entregadores também pediam pontos de apoio em locais estratégicos. Os trabalhadores denunciam que têm sido vítimas de assaltos e violência.

Segundo os entregadores os bairros que concentram maior perigo para os trabalhadores são o bairro Ilhotas, na zona sul, e os bairros da zona leste de Teresina.

"Somos vítimas da violência e dos roubos dos assaltantes e queremos uma lei para que os crimes contra entregadores sejam punidos com pena de prisão maior", falou Júlio César, presidente da Associação dos Entregadores e Entregadores de Delivery do Estado do Piauí

VEJA MAIS:

Presidente da Fecomércio solicita que trabalhadores do setor farmacêutico sejam vacinados

Carro da secretária de saúde que ia transportar vacinas da Covid-19 sofre acidente

Além de reinvidicar mais segurança eles pedem também a criação de pontos de apoio para que consigam fazer a higienização adequada e possam se proteger do novo coronavirus.

O prefeito de Teresina, Doutor Pessoa, do MDB, recebeu em audiência, os representantes dos entregadores de delivery.

Próxima notícia

Dê sua opinião: