PARNAÍBA

Cansado de esperar pela Prefeitura de Parnaíba, professor compra quadro para dar aula

O professor usou o próprio dinheiro para ajudar no rendimento dos alunos


Professor compra quadro com o próprio dinheiro para ajudar alunos em escola municipal do Piauí

Professor compra quadro com o próprio dinheiro para ajudar alunos em escola municipal do Piauí Foto: Arquivo pessoal/Redes sociais

O professor da rede municipal de ensino de Parnaíba, Hermerson Saulo, cansou de esperar pela compra de um quadro acrílico para uma sala de aula da Escola Municipal Monsenhor Antônio Sampaio.  O quadro antigo estava bastante sujo e riscado, o que atrapalhava os alunos de enxergarem o que o professor escrevia. Preocupado com o rendimento dos alunos, ele usou o próprio dinheiro e comprou o quadro para a turma do 4º ano do Ensino Fundamental.

"Cansei de esperar pela Prefeitura de Parnaíba... Então, com meus próprios recursos, adquiri um quadro novo para minha sala de aula... Já fiz o teste, e, os meus alunos adoraram!!", escreveu o professor Hermerson Saulo em seu perfil no Facebook.

Hermenson Saulo disse que a diretoria da escola enviou vários pedidos para a Secretaria de Educação do município solicitando a substituição do quadro, mas nunca foram atendidos. Até o momento a Prefeitura de Parnaíba não se manifestou. 

Nas redes sociais, o professor foi parabenizado por várias pessoas pela sua atitude. Outras pessoas aproveitaram para criticar o poder público municipal. "Muito nobre o seu gesto de amor a profissão e aos seus alunos, mas ao mesmo tempo muito triste em ver que pra ter qualidade o professor precisa tirar do seu próprio bolso, e pensar que há 30 anos minha mãe também precisava fazer algo parecido e 30 anos depois continua da mesma forma, quase nada mudou", lamentou uma internauta.

Hermerson disse ainda que os professores, sozinhos, é quem fazem a escola pública de verdade e de qualidade. "Só não contrato é um/a professor/a auxiliar para meus alunos especiais, porque fazer mais esta caridade aí já é demais! Já pagamos tantos impostos neste país!! Que os pais e mães reivindiquem mais este direito a seus filhos!", criticou o professor.

Fonte: Facebook

Próxima notícia

Dê sua opinião: