CORONAVÍRUS

Com fronteiras abertas, centenas de pessoas do "Sul" chegaram ao Piauí no fim de semana

A PRF realiza a fiscalização, mas não está proibida a entrada de pessoas vindas de outros estados ao Piauí


Ônibus interestaduais são fiscalizados no Piauí

Ônibus interestaduais são fiscalizados no Piauí Foto: Divulgação/PRF

Ônibus de inúmeras empresas continuam a transportar passageiros da região Sudeste do Brasil para várias cidades do Piauí em meio à grave crise de saúde em decorrência da pandemia de Covid-19. A maior parte de passageiros vem de São Paulo, estado que segundo o Ministério da Saúde já tem 631 casos do novo coronavírus e 22 mortes. O governador Wellington Dias decretou estado de calamidade pública e determinou o controle de fluxo de pessoas nas divisas do Estado, mas não proíbe a entrada de pessoas vindas de outro estado.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) iniciou na última sexta-feira (20) o monitoramento dos ônibus de transporte interestadual de passageiros que vêm para o Piauí. O objetivo é colher informações para que sejam repassadas para a Vigilância Sanitária e à Secretaria Estadual de Saúde para possíveis medidas no intuito de combater o novo coronavírus.

De sexta-feira para cá, a  PRF já identificou e catalogou 13 ônibus que acessaram o estado através das rodovias federais piauienses, um total de 516 pessoas dentro dos veículos.  O número de pessoas que desembarcaram no Piauí é bem maior, pois há ainda as rodovias estaduais que não são fiscalizadas pela PRF.

Os policiais colheram informações sobre origem, destino, quantidade de passageiros, previsão de chegada ao destino e local da abordagem, que serão repassadas ao governo do estado através da Secretaria de Estado da Saúde. Aparentemente não foram detectados passageiros com sintomas da COVID-19. 

 A PRF informa que as divisas do estado referentes às rodovias federais não estão fechadas e que o trânsito circula de maneira tranquila sem intercorrências graves. A PRF informou que continua realizando a fiscalização de trânsito e o combate ao crime ao longo de todas as rodovias que cortam o estado do Piauí.

Próxima notícia

Dê sua opinião: