SEGURANÇA

Quais as vantagens da previdência privada?

Entenda a importância dela para garantir seus rendimentos ou aposentadoria


Previdência

Previdência Foto: Divulgação

A reforma da previdência chegou para todos e, com ela, vieram muitas modificações na questão da aposentadoria, também. Logo,  a previdência privada é uma das questões mais abordadas no Brasil. Ela serve para quem quer se aposentar ou para quem deseja construir uma independência financeira a longo prazo.

Para muitos, o termo "previdência privada" pode parecer "chinês", mas é de fácil entendimento. Ela é um investimento que passa por duas fases: a primeira é a de acumular e a segunda é a de resgatar. No início, o necessário é fazer aplicações mensais em seu nome ou para um beneficiário e passar anos investindo (acumulando). Uma data final é definida e, na hora do resgate, é decidido como será recebido o capital.

Fundo da previdência X Fundo de investimento comum

Muitas questões rodeiam os dois tipos de investimento. A maior diferença é que no fundo de previdência não existe o come-cotas -- antecipação no recolhimento do Imposto de Renda em fundos de investimento de inúmeros tipos. Para quem necessita garantir retorno a curto prazo, o fundo de investimento comum é o ideal. 

Principais planos de previdência privada

Algo muito pouco divulgado são as taxas do ativo. Os grandes bancos possuem altas taxas, que exercem poder negativo no seu patrimônio. Conheça alguns desses encargos:

  • Taxa de carregamento de saída: Desconto realizado no momento em que o investidor faz o pedido da retirada do valor que tinha investido.

  • Taxa de administração para o banco: Muito comum em fundos de investimento, esse é o valor que o banco ou a instituição financeira cobra por administrar seu dinheiro. É importante ver se no contrato existe a taxa de performance, para não encarecer o investimento.

  • Taxa de custódia: Esse valor é reservado para guardar os seus títulos públicos e disponibilizar todas as informações e movimentações dos saldos.

  •  Taxa de carregamento de entrada: Trata-se de uma cobrança sobre o capital aplicado. Ela existe para custear as despesas administrativas e para a manutenção das aplicações.

Dentro da previdência privada existem três segmentos básicos -- compreendendo cada um deles fica mais fácil começar os investimentos. Atente-se ao tipo de estratégia de gestão, tipo de tributação e categoria do plano. 

Vantagens da previdência privada

  • Disciplina: Pela necessidade de depositar todo mês, isso vira um hábito com o qual você se compromete.

  • Gestão: Quem acompanha o rendimento do dinheiro é um profissional de investimentos. Ele é quem tem a "missão" de alocar o capital.

  • Flexibilidade: Caso não exista satisfação com os rendimentos, é possível levar o dinheiro para outra instituição.

Próxima notícia

Dê sua opinião: