Pandemia

Governo decide antecipar 13º de aposentados do INSS e abono salarial

A proposta é que a primeira parcela do repasse aconteça em fevereiro.


Ministro da Economia, Paulo Guedes

Ministro da Economia, Paulo Guedes Foto: Valter Campanato/Agência Brasil

O governo Jair Bolsonaro decidiu antecipar novamente os pagamentos do 13º de aposentados do INSS e do abono salarial. A medida já havia sido adotada em 2020.

Segundo assessores presidenciais, a intenção é pagar a primeira parcela do 13º dos aposentados e pensionistas do INSS em fevereiro e a segunda, em março. O mesmo calendário seria usado no pagamento do abono salarial.

Leia também

Pesquisa busca identificar os Impactos econômicos da Covid-19 nos pequenos negócios

Juiz manda intimar prefeito de Marcos Parente por compra de votos e abuso de poder

A equipe do ministro da Economia, Paulo Guedes, já providencia a formalização da medida e avalia se realmente será possível fazer a primeira antecipação já no próximo mês. A medida não tem custo extra para o governo, porque há verba prevista no Orçamento de 2021.

Essa antecipação vai atender, neste momento, a uma parcela da população que sofre mais diretamente com o coronavírus, como os idosos. No entanto, não resolve o problema de milhares de pessoas que estão deixando de receber o auxílio e que podem ter dificuldade para encontrar emprego em uma economia desacelerada.

Fonte: Extra

Próxima notícia

Dê sua opinião: