Afinal, nem o Natal deve salvar ano da Apple

As previsões de vendas do iPhone estão muito aquém do esperado


Apple quer brasileiros para trabalhar

Apple quer brasileiros para trabalhar Foto: divulgação

Ao lançar o iPhone sempre em setembro, a Apple planeja tirar partido do último trimestre do ano que, sendo ocupado majoritariamente pelo espírito de compras do Natal, encerra um potencial de vendas maior. Aparentemente, este é uma previsão que não será alcançada neste ano, a julgar pelas informações concedidas ao site Barro, pelos fornecedores de componentes do iPhone para a Apple.

De acordo com esta informação, há cerca de 19 empresas (incluindo as fábricas Foxconn) com "dificuldades em aumentar as vendas" como resultado de um desempenho mais fraco do iPhone 7. Se o jogo não virar, as receitas destas empresas cairão em média 4% em relação ao mesmo período do ano passado.

Certezas mesmo sobre o desempenho do iPhone 7, só no final deste ano, quando a Apple publicar o relatório financeiro de janeiro de 2017. Até lá, é tudo especulação.

Fonte: Noticias ao Minuto

Próxima notícia

Dê sua opinião: