EVENTO

Palhaços, super-heróis, príncipes e princesas encantam crianças em tratamento oncológico

Para deixar o Dia das Crianças ainda mais especial, na tarde deste dia, os super heróis, parceiros da Rede Feminina de Combate ao Câncer, despertaram a curiosidade e euforia


Evento

Evento Foto: Divulgação

Cores, brincadeiras, músicas infantis e muitas gargalhadas invadiram a ala de oncologia pediátrica do Hospital São Marcos, nesta terça-feira (12/10), Dia das Crianças, durante a visita do grupo circense Vagão, super heróis, príncipes e princesas. A ação faz parte da programação do II Festival Cultura do Bem - Criança é prioridade.

Logo pela manhã, os palhaços Cuscuz, Beiju e Batata fizeram a alegria das crianças internadas em tratamento contra o câncer com brincadeiras e muitas músicas. Além da apresentação do Grupo Vagão, as crianças também receberam doações de brinquedos.

Programa da Equatorial Piauí já recolheu 45 toneladas de resíduos para reciclagem

Ônibus voltam a circular em Teresina e terminais seguem fechados

RFCC-PI realiza live de lançamento da campanha McDia Feliz 2021 com atração musical

“Foi muito importante participar dessa ação. É muito importante desenvolver o lado lúdico, levar a criança para outro mundo a partir da imaginação para que esqueça esses momentos de dor que ela encara com a doença e com o tratamento que causa muito desgaste. O palhaço hospitalar melhora tudo, não só para a criança, fazendo ela aceitar melhor o tratamento, mas também as relações entre os pais, os enfermeiros e os médicos. O palhaço tem essa capacidade de melhorar o ambiente hospital”, disse Jimmy Charles, o palhaço Beiju.

Para a psicóloga hospitalar, Ana Tyara Rodrigues: “Só é possível alcançar o universo infantil através do lúdico.  O lúdico faz aflorar as fantasias, o brincar é uma ferramenta fundamental para o desenvolvimento infantil.  Quando falamos de crianças em tratamento oncológico, o lúdico se torna ainda mais relevante, tendo em vista que a hospitalização e o tratamento muitas vezes prolongado distancia a criança desse contato com as brincadeiras comuns da infância. O brincar alivia os sofrimentos, fortalece a esperança e faz surgir sorrisos que contagia!  Afinal, o amor é contagioso!”.

Para deixar o Dia das Crianças ainda mais especial, na tarde deste dia, os super heróis, parceiros da Rede Feminina de Combate ao Câncer, despertaram a curiosidade e euforia da criançada ao escalarem o prédio do Hospital São Marcos e entrarem pelas janelas das enfermarias.

Figurinha carimbada nas ações do Dia das Crianças no HSM há seis anos, o diretor comercial de empresa de tecnologia, Wendel Dantas, também conhecido como super-homem, contou que se sente renovado ao participar de atividades como essa.  “Desde do primeiro ano do Magic Day que eu participo dessa ação e eu costumo dizer que nenhum ano é igual ao outro, são sempre emoções diferentes. Cada vez que eu interajo com uma criança dessas me sinto renovado e passo a agradecer a saúde que temos. Estou no sexto ano fazendo esse papel e não tem nada que pague esses minutos de felicidade que proporcionamos para eles”, contou o super-homem.

Já Peter Parker, o Homem-Aranha, garante que ações como essas só aumentam o amor e as boas energias.  “Cada vez que a gente faz uma ação só aumenta o nosso amor. Aqui tem energia do bem e essa energia com certeza tá vibrando e fazendo acontecer as curas”.

A visita dos super heróis deixou as crianças com os olhos brilhando repletos de emoções. “Eu falando com os super-heróis foi muito bom, senti que estou falando com pessoas que eu já assisti em desenhos e filmes junto com a minha família.  É triste não estar com eles agora sabendo que eu assisti os filmes com eles, mas estou feliz do mesmo jeito, porque criança alegre, é criança boa”, declarou a paciente de iniciais M.B, de 7 anos,  internada há 8 dias em tratamento contra um tumor no fígado.

Próxima notícia

Dê sua opinião: