COVID-19

Juiz manda site da Saúde informar sobre eficácia dos 'feijões mágicos' de pastor

O governo Bolsonaro terá que informar se há ou não eficácia comprovada das sementes de feijão no combate à covid-19, divulgadas pelo pastor evangélico Valdemiro Santiago


Pastor evangélico Valdemiro Santiago

Pastor evangélico Valdemiro Santiago Foto: @null

Ojuiz Tiago Bitencourt de David, da 5ª Vara Cível Federal de São Paulo, determinou que o governo Bolsonaro informe no site do Ministério da Saúde, em 15 dias, se há ou não eficácia comprovada das sementes de feijão no combate à covid-19, divulgadas pelo pastor evangélico Valdemiro Santiago e a Igreja Mundial do Poder de Deus.

Antes da ordem judicial e por orientação do Ministério Público Federal, a pasta chefiada por Eduardo Pazuello chegou a divulgar que é falso que o plantio das sementes comercializadas por Valdemiro - em valores predeterminados de R$ 100 a R$ 1.000 - combatiam a doença causada pelo novo coronavírus. No entanto, a indicação foi retirada do ar sob a alegação de que "a iniciativa induziu, equivocadamente, ao questionamento da fé e crença de uma parcela da população".

Fonte: Noticias ao minuto

Próxima notícia

Dê sua opinião: