CAR MAIS

Torpedo elétrico

Confira as novidades do mundo automobilistico


Protótipo do Ford Mustang Lithium

Protótipo do Ford Mustang Lithium Foto: Divulgação

Um protótipo do Mustang totalmente elétrico com mais de 900 cavalos de potência foi apresentado no Sema Show, em Las Vegas. Naturalmente, o carro não está à venda, pois tem como missão avaliar o interesse por um elétrico de alto desempenho. Ainda este mês, a Ford lançará um SUV elétrico inspirado nesse Mustang. 

O utilitário esportivo, no entanto, será muito menos potente que o “show car”, chamado pela marca norte-americana de Mustang Lithium. A Ford não forneceu números de desempenho do Mustang elétrico, se limitando a dizer que “a aceleração é simplesmente impressionante”. Criado em conjunto com a empresa de peças automotivas Webasto, o Mustang Lithium tem uma transmissão manual de 6 velocidades.

 Isso é incomum em um carro elétrico, porque, diferentemente dos veículos movidos a gasolina ou a diesel, os 100% “verdes” não exigem transmissão com mais de uma velocidade. O câmbio do Mustang Lithium é uma transmissão ??projetada para lidar com mil libras-pé de torque ou força de tração, acionada pelo motor elétrico.

 “A transmissão manual foi incluída porque coloca o controle do veículo nas mãos do motorista, que pode deixar o carro na terceira marcha o tempo todo e dirigir como qualquer outro elétrico ou optar por mudar de marcha”, disse Josh Lupu, diretor de Marketing da Webasto Customized Solutions.
Novo Chevrolet OnixLiderança em jogo


Apresentada em setembro, a segunda geração do Chevrolet Onix, o carro mais vendido do Brasil há quase cinco anos, começará a ser comercializada a partir do final de novembro. A fabricante norte-americana divulgou alguns detalhes do hatch. Entre as novidades estão os números de potência e torque do motor 1.0 aspirado, das versões de entrada do hatch e do sedã, o Onix Plus.

 O propulsor entrega 78 cavalos com gasolina e 82 cavalos com etanol, ambos a 6.400 rpm. O torque é de 9,7 kgfm com o primeiro combustível e de 10,6 kgfm com etanol, a 4.100 rpm nos dois, com transmissão manual de 6 marchas. O motor 1.0 turbo (como já era conhecido) terá 116 cavalos e 16,8 kgfm de torque, com os dois combustíveis. 

Assim como o sedã, o Onix será maior em comparação à primeira geração, com 4,14 metros de comprimento (23 centímetros a mais), 1,73 metro de largura (3 centímetros maior) e 2,56 metros de entre-eixos (3 centímetros mais longo). A capacidade do porta-malas crescerá sutilmente, de 289 litros para 291 litros. 

A altura permanecerá a mesma (1,48 metro). Detalhe importante: o gerenciamento do motor já estará ajustado, para evitar os problemas que causaram incêndios e motivaram um recall do Onix Plus, lançado em setembro.
 

Fonte: Agência AutoMotrix

Próxima notícia

Dê sua opinião:

Sobre a coluna

Redação/Automotrix

Redação/Automotrix

Agência de noticias especializada em pesquisa sobre veículos

Fique conectado

Inscreva-se na nossa lista de emails para receber as principais notícias!

*nós não fazemos spam

Enquete

O STF deve afastar Deltran Dallagnol da chefia da Lava Jato?

ver resultado