Car Mais
CAR MAIS

Nova geração do sedã G80 representa com exatidão os fundamentos da filosofia de luxo

O modelo apareceu pela primeira vez há doze anos, desafiando a imagem tradicional da montadora


Geneses G80

Geneses G80 Foto: Divulgação

Com o ano do setor automotivo completamente alterado pela pandemia do coronavírus, as fabricantes estão procurando formas criativas para apresentar seus produtos mais recentes. Para a Genesis, divisão de carros de luxo da Hyundai, a solução foi recorrer à rede internacional da internet para mostrar a nova geração do G80. Sem surpresas, o sedã grande herda alguns dos principais detalhes de estilo vistos no GV90, o primeiro SUV da montadora sul-coreana, a começar pelos faróis de quatro partes. 

Genesis G80

Sob o capô longo, no entanto, estão as mais significativas novidades do G80, deixando de lado os dois motores V-6 oferecidos na geração anterior. O carro conta agora com três opções de propulsão turbocomprimidas – todas acompanhadas de uma transmissão automática de 8 velocidades –, um 2.5 de quatro cilindros a gasolina de 305 cavalos e 43 kgfm de torque, um 3.5 V6 a gasolina de 380 cavalos e 54 kgfm e um 2.2 a diesel de quatro cilindros de 210 cavalos e 45 kgfm, esse último destinado aos Estados Unidos, o segundo a receber a “banheira” bem ao gosto dos consumidores norte-americanos. A Hyundai é uma das montadoras estrangeiras com melhor desempenho de vendas no país da América do Norte. O primeiro mercado do novo G80, naturalmente, será a própria Coreia do Sul.

Genesis G80


Embora o GV80 deva se tornar o modelo com maior volume de vendas da Genesis, o G80 é a base da marca. O modelo apareceu pela primeira vez há doze anos, desafiando a imagem tradicional da montadora como uma opção de barganha e ganhando elogios como o carro norte-americano do ano. Quando o Hyundai Motor Group decidiu que era hora de lançar uma verdadeira marca de luxo, o sedã foi eleito para representá-la como seu “cartão de visita”. “O núcleo da nossa marca está no G80. Este segmento representa onde começamos, e estamos satisfeitos que nossa oferta mais recente alcance um equilíbrio perfeito entre luxo e desempenho inspirador para nossos clientes”, disse William Lee, vice-presidente executivo e chefe global da marca Genesis.


Na base do G80 está uma nova plataforma de tração traseira, característica da Genesis, concebida para garantir um centro de gravidade mais baixo e um melhor desempenho dinâmico, além de abrir passagem para opções de tração integral. O uso de materiais leves (19% da estrutura é composta por alumínio) permitiu reduzir o peso do conjunto em 125 quilos em comparação à geração anterior. O modelo mede 4,49 metros de comprimento, 1,92 metro de largura, 1,46 metro de altura e uma incrível distância de entre-eixos de 3,01 metros.

Genesis G80No interior, o sedã na versão 2021 recebeu detalhes atualizados que o alinham mais perto do modelo G90 de última geração. O painel de instrumentos flui baixo e largo, com um cluster de medidor digital de 12,3 polegadas e uma tela de entretenimento de 14,5 polegadas. Há muita tecnologia a bordo, incluindo espelhamento para Apple CarPlay e Android e um display frontal opcional. Os “assentos de movimento” dianteiros com estofamento luxuoso têm sete células de ar que mudam sutilmente de forma, para melhorar o conforto e reduzir a fadiga em viagens longas. Um aplicativo para smartphone permite que o motorista monitore e controle remotamente as funções do veículo, como trancar e destrancar as portas. A partir da chave digital, o motorista pode estacionar o G80 remotamente.


A frenagem de emergência automática e a prevenção de colisões em pontos cegos estão entre os muitos recursos avançados de assistência à condução. O sedã da Genesis tem ainda o dispositivo “Machine Learning”, com o carro aprendendo e imitando o estilo de condução do motorista, enquanto o “Highway Driving Assist II” muda automaticamente de faixa com um toque no pisca-pisca. O novo G80 tem também um sistema de diagnóstico preventivo que monitora uma variedade de funções do veículo e pode alertar sobre um problema iminente.

Fonte: Automotrix

Próxima notícia

Dê sua opinião: