Blog do Brandão
OPOSIÇÃO AO PIAUÍ

Liderança de Wellington Dias incomoda e revela inveja e incoerências de Ciro Nogueira

Senador usa redes sociais pra criticar o governador e cobrar dos outros o que ele próprio não fez e nem faz


Ciro Nogueira acompanhou Wellington Dias em várias inaugurações de hospitais

Ciro Nogueira acompanhou Wellington Dias em várias inaugurações de hospitais Foto: Arquivo do portal

O Brasil é mesmo o país da piada pronta. A prova disso é o senador Ciro Nogueira dizer que o governador Wellington Dias só gosta e só faz propaganda. 

O parlamentar do Progressistas é quem mais gosta de marketing. Não por acaso tem rádio e mantém programas de amigos em rádios, TV's, sites e portais; ocupa bastante as redes sociais e tem uma vasta assessoria de imprensa, além de "assessores informais" em quase todos os veículos de comunicação na capital e interior do estado. 

Ciro presidente nacional do Progressistas, usou suas redes sociais para criticar o governador Wellington Dias (PT) por ter anunciado algumas das estratégias apontadas pelos cientistas para vacinar a população assim que a vacina contra o novo coronavírus for liberada. 

É uma critica sem fundamento. O senador pergunta que área do governo é prioridade para o governador. E diz que é "...só propaganda e ficção. O governo deveria, mas não faz a coisa certa. Mas faz propaganda do que não faz", diz para criticar o anúncio que Wellington Dias fez: a vacinação vai ser agendada. 

O senador diz que enquanto Wellington se preocupa em comprar uma "vacina que ainda, nem existe"  deixa os hospitais sem estrutura e coloca como exemplo a Maternidade Evangelina Rosa, que está tão "abandonada" pelo governo que nesse momento passa por uma ampla reforma e ajustes para modernização.

Ciro e outras autoridades em solidariedade de autorização de obras com Wellington Dias 

A incoerência do senador é desmedida. Basta procurar reportagens e fotos dele na Internet que lá está ele participando de solenidades de inauguração hospitais e de reformas de hospitais ao lado do governador Wellington Dias.

As últimas foram no final do ano passado, antes do governador romper com o senador, hoje magoado por ter ficado sem a ruma de cargos que tinha no governo.

Aiás, não dá pra entende a incorência de Ciro Nogueira, que foi eleito na carona de Wellington Dias e do PT e vivia de elogiar o governador, a quem chamava de um grande líder e gestor. 

De uma hora pra outra o senador mudou de opinião e passou a adorar quem ele chamava de incompetente e se desfazer de quem considerava grande líder político e gestor.

Tá parecendo inveja

Os ataques gratuitos e futricas de Ciro contra o governador estão sendo avaliadas como uma grande demonstração de inveja por Wellington ter se tornado uma liderança regional e nacional. 

O governador foi aclamado pelos colegas para ser o presidente do Consórcio dos Estados do Nordeste e, em seguida, escolhido por todos os governadores do país para negociar com o governo federal a compra e o planejamento da distribuição da vacina contra o novo coronavírus (Covid-19) assim que ficar pronta.

As últimas publicações do senador nas suas redes sociail passam a impressão de que está apenas defendendo os interesses do presidente Jair Bolsonaro. É como se ele fosse contra o estado se preparar para, assim que a vacina for aprovada e liberada, seja disponibilizada aos piauiense.

Aqui Ciro em Luzilândia com o secretário de Saúde, Florentino Neto e a deputada federal Margareth Coelho

Inexperiência 

Sem qualquer experiência em gestão pública, Ciro demonstra desconhecimento em questões básicas, como planejamento estratégico para enfrentar problemas sérios, como é caso da pandemia do novo coronavírus.

O senador parece desconhecer que na gestão pública tudo tem de ser feito dentro da lei, com licitações, obedecendo prazos e seguindo um cronograma das várias fases para a compra de qualquer coisa com dinheiro público. 

O que o governador Wellington Dias está fazendo é exatamente isso. Se antecipando para que o Piauí não fique no atraso, como sempre quiseram as chamadas "elites", as oligarquias, os latifundiários, grileiros e os velhos coronéis da política piauiense e nordestina.

O petista está somente ganhando tempo contra a burocracia estatal. E é o que todos os governadores estão fazendo em relação à vacina contra o novo coronavírus. Estão planejando, reservando recursos, preparando orçamento, estabelecendo regras apontadas por cientistas para que, quando a vacina seja liberada, rapidamente a população seja vacinada. 

Isso é o lógico em todo mundo. E Ciro sabe que assim, mas se faz de besta para tentar desviar a atenção dos menos informados com futricas e fake news. Mas como até agora não apresentou um só projeto minimamente relevante para o país nos seus quese 10 anos no Senado, cobra dos outros o serviço que não fez e nem faz.

Como senador e presidente nacional de partido deveria ser pelo menos signatário de projetos de outros senadores para combater o desemprego, a fome e para enfrentar a epidemia, por exemplo. 

Ciro não é besta e sabe que esses problemas se agravaram na gestão do agora amigo e "padastro" Jair Bolsonaro, a quem outrora chamava de incompetente. (Foi a ex-nulher dele, deputada federal Iracema Portella, que batizou Ciro Nogueira de Número 5), forma como Bolsonaro se refere aos filhos.

Ciro já precisou mais dos petistas que o contrário A incoerência 

Matérias jornalísticas, fotos e vídeos em redes sociais mostram que até bem pouco tempo o senador Ciro Nogueira participou de solenidades de inaugurações de hospitais e postos de saúde, bem como de entregas de obras de reformas, ampliações e modernização de unidades de saúde ao lado de Wellington Dias e outros petistas. 

No dia 8 de novembro de 2019, por exemplo, o governador Wellington Dias inaugurou a reforma do Hospital Infantil Lucílio Portella. Na ocasião Ciro Nogueira e a filha de Lucídio, a deputada federal Iracema Portella, prometeram emendas parlamentares no valor de R$ 6 milhões para as obras no HILP.

No dia 1°de iunho de 2018, o Hospital Regional Chagas Rodrigues, em Piripiri, recebeu o credenciamento de 10 novos leitos junto ao Ministério da Saúde. Com isso, o hospital passou a receber mais de R$ 1,3 milhão anualmente do Ministério da Saúde, para custeio de serviços. 

Regina Sousa, de vermelho, e ao lado dela ...Ciro Nogueira 

A portaria bebefiando o Chagas Rodrigues foi publicada dia 1° de junho de 2918 no Diário Oficial da União. O despacho saiu após uma reunião de representante do estado, articulada pelo senador Ciro Nogueira, com o ministro Gilberto Occhi, dia 15 de maio. 

Ou seja, Ciro sabe muito bem que o governador Wellington Dias sempre buscou recursos para melhorar a saúde no Piauí. Mas agora procura qualquer coisa para tentar desqualificar a gestão aprovada por quatro vezes pela população do Piauí, sempre em primeiro turno.

Próxima notícia

Dê sua opinião:

Sobre a coluna

Luiz Brandão

Luiz Brandão

Luiz Brandão é jornalista formado pela Universidade Federal do Piauí. Está na profissão há mais de 35 anos. Já trabalhou em rádios, TVs e jornais. Foi repórter das rádios Difusora, Poty e das TVs Timon, Antares e Meio Norte. Também foi repórter dos jornais O Dia, Jornal da Manhã, O Estado, Diário do Povo e Correio do Piauí. Foi editor chefe dos jornais Correio do Piauí, O Estado e Diário do Povo. Atualmente é diretor de jornalismo do portal www.piauihoje.com

Fique conectado

Inscreva-se na nossa lista de emails para receber as principais notícias!

*nós não fazemos spam

Enquete