Blog do Brandão

Governo do Piauí desarma golpe de hackers contra os servidores e antecipa pagamento


Secretário de Antônio Neto

Secretário de Antônio Neto Foto: Luiz Brandão

Especialistas da área de tecnologia da informática do Governo do Estado detectaram e desarmaram um ataque de hackers planejado para bloquear o sistema de pagamento dos servidores no dia 30. A ideia era criar o caos no funcionalismo estadual na véspera da eleição. Por precaução, o governo antecipou o9 pagamento dos servidores.

De acordo com informações oficiais da Secretaria de Fazenda - Sefaz, a ideia do ataque hackers era tumultuar o processo de pagamento dos servidores para fortalecer a versão da oposição de que o Estado "está quebrado", e tirar proveito eleitoral da situação dois dias antes da eleição.

"Mais uma tentativa da oposição de prejudicar o governo e os servidores estaduais foi por água abaixo. O tiro saiu pela culatra. Os técnicos da área de tecnologia da informática reforçaram a segurança do sistema e por precaução, para evitar qualquer problema, o governo antecipou o pagamento dos servidores", disse um auxiliar direto da governadora Regina Sousa.

Antecipação

Para a primeira faixa de salários, a dos servidores que ganham até R$ 2 mil, o pagamento foi depositado na segunda-feira (26). Para os servidores que ganham acima de R$ 2 mil, o dinheiro foi depositado nesta terça-feira (27). O pagamento dessa segunda faixa salarial estava programado para o dia 30.

De acordo com o secretário de Governo, Antônio Neto, ação rápida do governo para desarticular qualquer golpe contra o Estado e os servidores prova duas coisas ao mesmo tempo. "Primeiro, a organização financeira do Estado e, segundo, a capacidade dos técnicos, que detectaram o planejamento do ataque de hackers aos nossos sistemas totalmente informatizados", disse.

Ciro Nogueira, ministro de Bolsonaro, tem feito tudo para provar que o Estado do Piauí está quebrado.Mantra

Nos último meses, o ministro da Casa Civil, Ciro Nogueira, principal fiador das candidaturas de oposição no Piauí, tem espalhado uma espécie de mantra. Por anda, tem dito aos seus seguidores que o "estado está quebrado" e tem feito de tudo para provar o que diz.

O governo já pediu investigações para saber quem está por trás dos ataques hackers ao sistema de pagamento do estado. Mas os principais auxiliares da governadora Regina Sousa não tem dúvidas de que o "golpe baixo" é patrocinado pelos adversários para atingir os candidatos do PT, Rafael Fonteles (governador) e Wellington Dias (senador).

Luiz Brandão

Luiz Brandão

Luiz Brandão é jornalista formado pela Universidade Federal do Piauí. Está na profissão há 40 anos. Já trabalhou em rádios, TVs e jornais. Foi repórter das rádios Difusora, Poty e das TVs Timon, Antares e Meio Norte. Também foi repórter dos jornais O Dia, Jornal da Manhã, O Estado, Diário do Povo e Correio do Piauí. Foi editor chefe dos jornais Correio do Piauí, O Estado e Diário do Povo. Também foi colunista do Jornal Meio Norte. Atualmente é diretor de jornalismo e colunista do portal www.piauihoje.com.
Próxima notícia

Dê sua opinião:

Sobre a coluna

Luiz Brandão

Luiz Brandão

Luiz Brandão é jornalista formado pela Universidade Federal do Piauí. Está na profissão há 40 anos. Já trabalhou em rádios, TVs e jornais. Foi repórter das rádios Difusora, Poty e das TVs Timon, Antares e Meio Norte. Também foi repórter dos jornais O Dia, Jornal da Manhã, O Estado, Diário do Povo e Correio do Piauí. Foi editor chefe dos jornais Correio do Piauí, O Estado e Diário do Povo. Também foi colunista do Jornal Meio Norte. Atualmente é diretor de jornalismo e colunista do portal www.piauihoje.com.

Fique conectado

Inscreva-se na nossa lista de emails para receber as principais notícias!

*nós não fazemos spam

Enquete