ARTIGOS & OPINIÕES
ARTIGO

Reflexões sobre mais de 500 anos de dominação

Quando se fala no governo dito petista, é como se o topo da direita tivesse passado aqueles 13 anos na maior inocência


Esquerda ou direita?

Esquerda ou direita? Foto: Divulgação

São "só" 508 anos de dominação da direita. E 13 anos de esquerda, sendo que em aliança com a direita.Entretanto, não há muita crítica à direita referente ao período da coalizao PT-PMDB.

Sinto  falta que @s brasileir@s finalmente se politizem para reagir à invasão desenfreada de notícias falsas sobre a esquerda brasileira. E entender a quem interessa que se comportem como gado, isto é, caminhem  para o abatedouro sem nenhuma noção sobre quem é o inimigo.

Quando se fala no governo dito petista, é como  se o topo da direita tivesse passado aqueles 13 anos na maior inocência, gerido honestamente seus bancos  e demais empreendimentos; cuidado da agricultura com a preocupacao de  contribuir para uma alimentacao sadia ; assumido , com altivez,  as melhores atitudes cristãs nas campanhas eleitorais, no Congresso e nos cargos públicos que assumiu. E tivesse cuidado de seus empregados e os tratado com justiça e consideração.

Não se iludam: a  direita é representada muito mais pelo empresariado, que financia os candidatos conforme as tendências políticas destes. E os compromissos que assumem contra os trabalhadores e os programas sociais.

Empregados que se recusarem a tomar vacina podem ser demitidos por justa causa

O legado Ford

Candidatura avulsa em debate no STF
A direita é contra os direitos trabalhistas; contra        as leis de protecao ao meio ambiente; contra as escolas e universidades  públicas, que abrangem ensino e pesquisa; contra o SUS e a favor de só existirem planos  de saúde privados, como nos Estados Unidos, o que se revela impraticável, considerando que o povo brasileiro é atendido  ou se beneficia direta ou indiretamente pelas ações do SUS.

É evidente que o Sistema Único de Saúde é uma conquista e não uma praga, como entendem os que só agora passam a conhecer  suas funções e influência na preservação da saúde da maioria.

A direita é, portanto,  a favor de reduzir o Estado, o que significa menos serviços públicos e serviços geridos por empresários  ( privatização). Quem conhece empresário sabe que o objetivo deles é principalmente gerar lucros. Já o Estado, ainda que ruim, pior sem ele, até que possamos evoluir a tal ponto, enquanto pessoa e sociedade,  que não precisemos ser regulados por forças externas.

A direita é  favor da redução da maioridade penal( pense em seus filhos de 16 anos sendo presos e julgados  como
adultos);contra quem luta por direitos humanos ( pense em alguém de sua família  a mercê de policiais e carcereiros); contra o avanço dos direitos da mulher.

Ao mesmo tempo que é contra as universidades  públicas,  é contra os pesquisadores brasileiros,  tanto das universidades quanto de outros tradicionais centros de pesquisa, tais como a Fiocruz,  alimentando injustificável dependência  brasileira às pesquisas  e conquistas de outros países, o que ficou bem evidente nesta pandemia.

É contra a política de cotas para a entrada de negros e pobres nas universidades públicas. Era contra  o programa Bolsa Família, e hoje mal o tolera, e nunca esqueçamos que ele foi criado por um governo com viés de  esquerda.

A direita não  aceitou que o auxílio emergencial fosse de um salário mínimo. E reluta em mantê-lo ainda que ainda estejamos em plena pandemia.

É a favor da liberação ampla do uso de venenos na agricultura, coerente com suas atitudes contra as lutas pela preservação dos mais importantes ecossistemas, incluindo as terras indígenas.

Nunca defendeu os interesses da própria nação. Foi , e é , em geral, testa de ferro do colonialismo e do imperialimo, que cria e alimenta a desigualdade entre países e dentro destes.

É contra tudo o  que a humanidade conquistou,  que torna tal  humanidade  mais sadia, sociável , justa e avançada.

Então, o que faz as pessoas,  tipo trabalhador, desempregado, mulheres, adolescentes, negros, pessoas que vivem nas periferias acharem que os ricos e abastados,   e os demais que se identificam com o pensamento da direita,   falam a verdade quando passam 24 horas por dia falando mal da esquerda, como se a esquerda é que roubasse a possibilidade de   bem-viver do povo brasileiro?

( Glória Sandes)

Próxima notícia

Dê sua opinião:

Sobre a coluna

Raphael Moroz

Raphael Moroz

Se você quer escrever e expor suas ideias esse é seu espaço. Mande seu artigo para nosso e-mail (redacao@piauihoje.com) ou pelo nosso WhatsApp (86) 994425011. Este é um espaço especial para leitores, internautas, especialistas, escritores, autoridades, profissionais liberais e outros cidadão e cidadãs que gostam de escrever, opinar e assinando embaixo.

Fique conectado

Inscreva-se na nossa lista de emails para receber as principais notícias!

*nós não fazemos spam

Enquete