IMUNIZAÇÃO

Teresina abre agendamento para vacinação de crianças contra Covid-19 na segunda-feira (17)

A vacina é destinada para crianças de 5 a 11 anos


Vacina

Vacina Foto: @ Shutterstock

A partir da próxima semana, Teresina inicia a vacinação contra a Covid-19 para crianças de cinco a 11 anos. Inicialmente, serão contemplados os meninos e meninas com comorbidades ou deficiência permanente.  O agendamento para este público se inicia na segunda-feira (17) no site http://vacinaja.fms.pmt.pi.gov.br/.

 O início da vacinação na capital depende do recebimento das doses do imunizante, que estava previsto para ser na tarde desta sexta-feira (14), mas o voo que traria a vacina foi cancelado porque a tripulação testou positivo para a Covid-19. Agora, a Secretaria de Estado da Saúde aguarda o comunicado do Ministério da Saúde com a nova data e horário do voo.
A vacina a ser aplicada será a versão pediátrica do imunizante da Pfizer/Comirnaty, em duas doses – com intervalo de oito semanas entre a primeira e segunda dose. 

“As crianças que completarem 12 anos entre a primeira e a segunda dose devem completar o esquema vacinal com a vacina Pfizer/Comirnaty pediátrica”, informa Emanuelle Dias, coordenadora da campanha de vacinação em Teresina.

No momento da vacinação será necessário apresentar CPF ou Cartão do SUS e uma comprovação da comorbidade e/ou deficiência permanente. Os pais ou responsáveis devem estar presentes manifestando sua concordância com a vacinação.  Em caso de ausência de pais ou responsáveis, a vacinação deverá ser autorizada por um termo de assentimento assinado por eles.

Amariles Borba, diretora de Vigilância em Saúde da Fundação Municipal de Saúde (FMS), faz um apelo para que pais e responsáveis não deixem de vacinar seus filhos. “Esses dois anos de pandemia têm demonstrado que as pessoas vacinadas têm a Covid de forma mais moderada ou leve ou mesmo assintomática, evitando a possibilidade de uma forma grave que pode levar ao óbito. Por isso, estejam atentos ao regramento e não deixem de levar as crianças”, diz.

Fonte: Com informações da FMS

Próxima notícia

Dê sua opinião: