Voo atrasa e entrega da reforma a deputados é adiada

Objetivo é extinguir 19 órgãos e acabar com mais de 2 mil cargos no Estado


Governador do Piauí, Wellington Dias

Governador do Piauí, Wellington Dias Foto: PAULO PINCEL/PH

O governador Wellington Dias adiou para segunda-feira (18) a visita à Assembleia Legislativa, quando entregaria ao presidente Themístocles Filho e aos líderes dos partidos na Casa a Mensagem com a reforma administrativa do Estado.  A ida de Wellington Dias ao Legislativo estava agendada para as 10h30 desta quinta-feira (14). 

Segundo a Coordenadoria de Comunicação do Governo do Estado, o retorno de São Paulo atrasou e Wellington Dias teve que adiar a ida ao Legislativo levando o texto da reforma. 

Não houve sessão nesta quinta-feira para que fosse feita uma manutenção nos equipamentos de transmissão da TV Assembleia e outros serviços no Palácio Petrônio Portela, mas os deputados estarão no gabinete da presidência para recepcionar o governador e secretários de Estado.    

A proposta original do Executivo é extinguir 19 órgãos da administração e acabar com mais de 2 mil cargos. O objetivo das mudanças é tornar o Estado eficiente, com uma máquina menor, gerando uma economia anual de R$ 300 milhões, segundo cáliuculos da equipe econômica do governo.

O governo do Piauí também se adequa à nova estrutrura organizacional do governo federal, acabando com órgãos que não terão orçamento, já que foram extintos pelo governo Bolsonaro.

Fonte: CCOM

Próxima notícia

Dê sua opinião: