COMBUSTÍVEIS

Wellington Dias diz que foi comprovado que a alta no preço da gasolina não é culpa do ICMS

Os governadores deixaram de cobrar o ICMS por três meses e mesmo assim a gasolina continuou cara em todo país


Governador Wellington Dias

Governador Wellington Dias Foto:

O Governador Wellington Dias afirmou nesse sábado (15), que os  governadores conseguiram provar que a alta no preço dos combustíveis no país não é culpa dos estados. Segundo Wellington Dias, a forma de como o Governo Federal administra a Petrobrás é que faz o preço dos combustíveis aumentar.

 O governador destaca que o congelamento do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS)  no preço dos combustíveis provou que não reduziu o preço na bomba, ou seja, a culpa do preço alto da gasolina não é dos estados. 

“Se dizia a todo instante que o problema do preço dos combustíveis era o ICMS aplicado pelos estados. Provamos que não! Segundo lugar, havia uma trégua para chegar ao entendimento para a aprovação da reforma tributária. Isso também não aconteceu”, afirmou o governador. 

O ICMS sobre os combustíveis foi congelado ainda no mês de outubro. Os governadores anunciaram que irão descongelar o ICMS após três mês. Em fevereiro, os estados voltarão a calcular o índice do tributo sob o preço base fornecido pela Petrobrás.

Wellington Dias ainda explicou o motivo pelo qual os governadores decidiram encerrar o congelamento. “O objetivo da trégua era chegar a um entendimento para a reforma tributária, por outro lado a Petrobrás seguiu dando reajustes e mais reajustes ao combustível, então, se o objetivo era encontrar uma solução e as portas foram fechadas, é claro, o fórum dos governadores reagiu dizendo que não é possível, porque estamos abrindo mão de receitas de ações para nosso povo”, concluiu. 

Próxima notícia

Dê sua opinião: