OBRA

Vice-governadora visita obras de construção de casas para pacientes oncológicos

O residencial Bem Me Quer vai atender 26 famílias e está sendo construído na zona sul de Teresina.


Bem-me-quer

Bem-me-quer Foto: Gabriel Paulino

A Vice-governadora, Regina Sousa, visitou na manhã desta segunda-feira (13) as obras de construção das casas do residencial Bem Querer e assinou ordem de serviço para pavimentação asfáltica das vias de acesso ao conjunto que beneficiará pacientes em tratamento oncológico no Estado. A obra é uma parceria do Governo do Estado com a Rede Feminina de Combate ao Câncer, através da Agência de Desenvolvimento Habitacional-ADH.

O residencial contará com 26 casas, obtidas com financiamento da Caixa Econômica e com contrapartida de R$ 260 mil do Governo do Estado. A voluntária da Rede Feminina de Combate ao Câncer, Francisca Tupinambá, comemorou o andamento das obras. “Graças ao governador, Wellington Dias e à presidente da ADH, a verba que precisávamos dar como contrapartida foi repassada para a Rede e estamos já concluindo a maior parte das casas”. Das 26 casas orçadas em mais de R$ 2 milhões, 20 estão em fase de acabamento.

Votação do novo Código Eleitoral prossegue nesta semana na Câmara dos Deputados

Capitais registram manifestações contra o governo federal

Câmara aprova texto base do novo Código Eleitoral

De acordo com o superintendente de rede da Caixa, Fernando Tadeu, o projeto piloto que prevê moradias para o assentamento dos beneficiários da entidade conta com recursos do Ministério das Cidades e com o apoio do Governo do Estado para a entrega dessas casas, prevista para junho de 2022.

Segundo a diretora da ADH, Gilvana Gayoso, no ano de 2019, a Caixa informou sobre o projeto Minha casa, Minha vida Entidades, um projeto único, pioneiro no Brasil onde a Rede Feminina de Combate ao Câncer foi contemplada. “Nesse projeto, as instituições beneficiadas têm que ter recursos financeiros para aportar como contrapartida. A Caixa liberou determinado recurso, mas o dinheiro da Rede ficou escasso para que desse andamento na execução da obra. Então, eles nos procuraram buscando ajuda. Imediatamente o governador se sensibilizou com a situação e autorizou a assinatura de contrato com a Caixa e a Rede Feminina. No início do ano de 2020 nós aportamos o recurso todo e a obra alavancou.”

A ordem de serviço assinada pela vice-governadora autoriza a execução da pavimentação asfáltica de 2.184m² das vias de acesso ao residencial Bem-me-quer, situado no bairro porto alegre em Teresina. A obra está orçada em cerca de 189 mil reais e será realizada pela Secretaria de Transportes do Estado – SETRANS.

“Esse é mais um projeto em que o Estado é parceiro e garantiu que não parasse a obra da construção do residencial Bem Me Quer, contribuindo com 260 mil para beneficiar essas 26 pacientes em tratamento oncológico e seus famílias”, disse a vice-governadora Regina Sousa.

Fonte: CCOM

Próxima notícia

Dê sua opinião: