ELEIÇÃO 2020

PTC pretende eleger dois vereadores em Teresina

De acordo com Gustavo Henrique, o partido possui condições de fazer dois vereadores nas eleições do ano que vem


Reunião com lideranças do PTC no auditório da ADUFPI

Reunião com lideranças do PTC no auditório da ADUFPI Foto: Divulgação

Líderes do PTC estadual estiveram reunidos na noite da última quinta-feira (06), no auditório da ADUFPI, para tratar sobre a Legislação Eleitoral visando o pleito de 2020. O partido, liderado por Gustavo Henrique, pretende lançar uma chapa competitiva de candidatos a vereador para a Câmara Municipal de Teresina.

De acordo com Gustavo Henrique, o partido possui condições de fazer dois vereadores nas eleições do ano que vem. Para isso conta com alguns nomes como o da Agente de Saúde Rosinha, o ativista social Andrade e o dele próprio.

O presidente da sigla informou ainda que o líder comunitário da zona Sudeste, Paulo Brizola, falecido na última quinta-feira, havia acordado disputar uma vaga na Câmara pelo PTC. “Nós nos solidarizamos, estamos enlutados pela perca do Paulo Brizola, que antes de ontem havia fechado questão com o PTC, mesmo tendo andado em reuniões de outros partidos, mas ele havia nos comunicado sua filiação ao PTC”, revelou.

Cláusula de Barreira

Henrique explica que o partido tem feito um trabalho para informar à população que o PTC não deixou de existir por não ter atingido o índice de votos mínimos válidos na última eleição. "Embora o partido tenha caído na cláusula de barreira, a gente continua trabalhando, a diferença é que não teremos tempo de propaganda na TV e nem no Rádio, assim como também não teremos verbas do Fundo Partidário e na verdade eu sou contra esse dinheiro, pois é um dinheiro público que acaba sendo investido em eleições", esclareceu.

Próxima notícia

Dê sua opinião: