ELEIÇÕES

Possível vice do PT em Teresina fecha acordo para segundo turno com MDB

Segundo Evaldo, os partidos que hoje são oposição ao Palácio da Cidade estarão todos juntos num segundo turno


Evaldo Gomes, presidente do Solidariedade, em reunião com líderes do MDB

Evaldo Gomes, presidente do Solidariedade, em reunião com líderes do MDB Foto: Divulgação

O líder do Solidariedade no Piauí, deputado estadual Evaldo Gomes, esteve reunido com seus companheiros de parlamento, os deputados Themístocles Filho e João Mádison, líderes no MDB no Estado no último sábado (25). O encontro foi para consolidar apoio entre as duas siglas para eventual segundo turno na disputa pela prefeitura de Teresina nas eleições municipais deste ano.

Acontece que Solidariedade havia aderido à pré-campanha de Fábio Novo, pré-candidato do PT na capital, e queria fincar a vaga de vice na chapa, entretanto ainda não teve a confirmação. Nesse meio tempo aproveitou para sondar o terreno no MDB, que, inclusive, já tem pré-candidato a prefeito e a vice.

"Nosso candidato será Fábio Novo, e num segundo turno acertamos que a oposição estará em campanha no mesmo palanque, independente de quem seja o candidato", disse Evaldo.

Próxima notícia

Dê sua opinião: