SABATINA

Indicada ao TST, piauiense Liana Chaib é sabatinada no Senado; acompanhe ao vivo

A desembargadora do TRT foi escolhida pelo presidente Bolsonaro


Liana Chaib é sabatinada no Senado

Liana Chaib é sabatinada no Senado Foto: Print do video

A desembargadora do Tribunal Regional do Trabalho (TRT) da 22ª região, Liana Chaib, está senso sabatinada nesta terça-feira (22), no Senado Federal.  A piauiense responde aos questionamentos dos senadores no plenário da CCJ (Comissão de Constituição e Justiça), juntamente com dois candidatos a ministro do STJ.  Liana Chaib foi escolhida ministra do Tribunal Superior do Trabalho (TST) pelo presidente Jair Bolsonaro. 

O relator da sabatina é o senador Marcelo Castro (MDB). O senador Davi Alcolumbre (União Brasil/AP) preside a sabatina.  A expectativa é que ainda hoje ocorra a votação no plenário.

 Também participam da sabatina o ministro piauiense do STF (Superior Tribunal de Justiça), Nunes Marques e a presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), Maria Thereza de Assis Moura participam da solenidade. 

Liana Chaib nasceu em Teresina  em 1961. Ela é doutora em direito constitucional. Em 1990, Liana assumiu o cargo de juíza do trabalho substituta e, em seguida, presidente da 3ª Junta de Conciliação e Julgamento (atual Vara do Trabalho) de Teresina em dezembro de 1999. Foi promovida, por merecimento, a desembargadora do TRT da 22ª Região em 7/6/2001, onde ocupou os cargos de vice-presidente, corregedora-regional e presidente.

A desembargadora fez parte da lista tríplice elaborada em setembro pelo TST somente com nomes de mulheres. Atualmente, o TST tem em sua composição o maior número de mulheres entre os Tribunais Superiores: dos 27 cargos, seis são ocupados por elas, uma representatividade de 22%. 

De acordo com o artigo 111-A da Constituição da República, a desembargadora será sabatinada pela Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania do Senado Federal, e, posteriormente, sua indicação será submetida ao Plenário do Senado.

Acompanhe ao vivo:

Senador Elmano Férrer solicita ao ministro da Saúde investimentos para APAE em Picos

Rafael Fonteles anuncia extinção de órgãos e criação de quatro secretarias; confira

Cotado para Ministério da Justiça, Dino vai ao TCU em busca de relatórios

Próxima notícia

Dê sua opinião: