PICOS

Hospital segue sem previsão de inauguração quase dez anos após início de obras

Impasse jurídico entre a empresa que executava a construção do hospital e o Governo do Piauí impede retomada das obras


Obras foram iniciadas em 2010, mas estão paralisadas

Obras foram iniciadas em 2010, mas estão paralisadas Foto: Arquivo Sesapi

A obra de construção do novo Hospital de Picos ainda não tem previsão para ser retomada nem concluída. A informação partiu do secretário de Saúde do Estado, Florentino Neto em resposta a requerimento da deputada estadual Lucy Soares (PP).

O hospital começou a ser construído em 2010, porém obstáculos judiciais impedem o prosseguimento da obra. Enquanto isso, o Hospital Regional Justino Luz atende a demanda da região, mas com dificuldades, pois o espaço apresenta deficiências na estrutura física e corredores superlotados com pacientes a espera de atendimentos.

De acordo com a Sesapi, a melhoria do serviço de saúde na região depende da conclusão do novo hospital. No entanto, “devido à decisão judicial proferido nos autos do Mandado de Segurança nº 2014.001.00295-2, do Tribunal de Justiça do Estado do Piauí, o canteiro de obra deve permanecer inalterado. Não sendo, portanto, possível a estimativa do prazo de conclusão”, diz.

O impasse citado pelo secretário de saúde é uma disputa jurídica entre a empresa que executava a construção do hospital e o Governo do Piauí. A empresa pede R$ 8 milhões de indenização, mas a Procuradoria Geral do Estado diz que o valor devido é de apenas R$ 400 mil. Na resposta enviada à deputada Lucy Soares, o secretário Florentino Neto garante que a Sesapi e PGE  estão no esforço concentrado para resolver o problema.

Ainda de acordo com o documento, o novo Hospital de Picos é planejado para atender a Região de Guaribas, com 43 municípios e possui estimativa populacional, conforme dados do Ministério da Saúde (DATASUS), de 368.918 residentes.

Fonte: Com informações da AsCom

Próxima notícia

Dê sua opinião: