FUNDO

Governo avalia impacto da aprovação da PEC nº 6 na Previdência do Estado

Governo do Estado fará uma repercussão das mudanças na folha de pagamento de maio


Reunião na ATI sobre o impacto da PEC nº 6 na previdência estadual

Reunião na ATI sobre o impacto da PEC nº 6 na previdência estadual Foto: Ranilza Pires/ATI

Discutir o impacto da aprovação, pelo Congresso Nacional,  da Proposta de Emenda Constitucional nº 6, que trata da reforma da previdência. Esse foi o assunto discutido na reunião do presidente da Fundação Piauí Previdência, Ricardo Pontes, na manhã de segunda-feira (24),  com o diretor-geral da Agência de Tecnologia da Informação do Estado, Antonio Torres da Paz, para d

“Nós discutimos com os técnicos da fundação e da ATI a PEC nº 6, que está tramitando no Congresso, o relatório apresentado sobre a proposta e qual o impacto que ela vai representar para o Piauí, caso ela seja aprovada conforme foi apresentada pelo relator, com as alíquotas novas”, explicou Ricardo Pontes.

O Governo do Estado vai fazer uma simulação, com base na folha de pagamento de maio, observando os novos percentuais a serem pagos pelo Estado e descontados do salário do servidor público para conhecer o impacto que essas mudanças terão na previdência estadual.

“É esse entendimento que nós estamos tendo com a ATI, pedindo que ela faça uma simulação, em cima da folha de maio, com base no relatório que foi apresentado, para saber o que vai impactar na folha; quais novos valores que o Estado e os servidores vão contribuir agora, o impacto financeiro. A ATI vai nos repassar essas informações para apresentarmos para governador”, acrescentou Pontes.

Fonte: PiauiPrev

Próxima notícia

Dê sua opinião: