EDUCAÇÃO

Dudu critica base da Prefeitura por rejeitar acesso a prestação de contas da educação

Dudu informa a importância de ter acesso às informações contabilistas da pasta no período de 2016 a 2018 e fornecer os dados aos teresinenses.


Vereador Dudu

Vereador Dudu Foto: Divulgação

O vereador Dudu (PT) apresentou requerimento na Câmara Municipal solicitando à prefeitura de Teresina e a Secretaria Municipal de Educação a prestação de contas da educação dos anos de 2016, 2017 e 2018. Porém, em votação, a base da prefeitura da capital piauiense rejeitou o pedido.

Dudu informa a importância de ter acesso às informações contabilistas da pasta no período de 2016 a 2018 e fornecer os dados aos teresinenses. "Eu fiz alguns requerimentos para o Tribunal de Contas do Estado em relação a prestação de contas de várias pastas. Por conta da pandemia agora que estarão retornando as atividades presenciais e, essas informações ainda não chegaram até nós. Então propomos esse requerimento das prestações dos três anos para analisarmos. Estou pedindo isso, porque em 2016 tivemos um precatório, uma restituição para o povo de Teresina", disse.

Rejeitada a proposta, o vereador argumenta que se aprovada a Secretaria de Educação poderia guiar a apresentação dos documentos referentes ao tema e esclarece alguns pontos da solicitação. "Primeiro faço um esclarecimento de que, a prestação de contas possui relatórios e não é um "caminhão de documentos", como foi dito por parlamentar desta casa. Nos relatórios estão todas as declarações e resumo de todas as pastas para que se facilite a prestação de contas. Gostaríamos que os pares da casa aprovassem o requerimento e que a própria secretaria pudesse guiar essa prestação e nós analisarmos, devolvendo as informações efetivas que são necessárias para o povo de Teresina", comenta.

Ainda após a rejeição do requerimento, o parlamentar criticou a base por negar a solicitação e afirmou que não desistirá do seu papel de exercício fiscalizador. "Pares desta casa opinam de que estamos politizando alguns assuntos. Eu não sabia que o nosso papel fiscalizador, quando se pede uma informação, seria tentar politizar o tema. Ora, se o nosso papel principal, além de legislar, propondo, discutindo, aprovando leis executivas é o de fiscalizar, penso que esse foi um dos papéis que nós assumimos quando dissemos sim e tomamos posse como vereadores. Não vou desistir da função em que eu me propus que é de continuar fiscalizando", conclui o vereador Dudu.

Fonte: Iconenoticia

Próxima notícia

Dê sua opinião: