PANDEMIA

Deputados ganham pacote de privilégios para se tratar de Covid-19 fora do Piauí

Os parlamentares que buscarem tratamento fora do Piauí têm direito a diárias de até R$ 6 mil


Plenário da Assembleia Legislativa do Piauí

Plenário da Assembleia Legislativa do Piauí Foto: Divulgação/Alepi

Os deputados estaduais do Piauí acometidos pela Covid-19 que forem se tratar em outros estados terão direito a hospedagem, diárias e passagens aéreas para até dois acompanhantes. A Assembleia Legislativa do Piauí (Alepi) autorizou o pacote de privilégios para tratamento da Covid-19 em ato da Mesa Diretora publicado no dia 17 de julho. A resolução aprovada permite efeitos retroativos, ou seja, o deputado que tiver pago as despesas antes do dia 17 de junho pode solicitar o ressarcimento normalmente.

Para terem direito ao ressarcimento das despesas efetuadas, os parlamentares que precisaram realizar o tratamento da Covid-19 fora do Piauí precisam comprovar os custos realizados por meio de nota fiscal correspondente. O ato da mesa diretora determina ainda que, enquanto estiverem se tratando fora estado, os políticos terão direito a diárias que podem chegar a R$ 6 mil por cada período de 30 dias de hospedagem.

O deputado Georgiano Neto (PSD) foi internado no hospital Sírio-Libanês. no dia 12 de junho. Depois de cinco dias, ele foi encaminhado para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Recuperado da doença, ele já recebeu alta médica.O parlamentar, por meio de sua assessoria, afirmou que até o momento não solicitou o ressarcimento dos gastos.

"Este ato foi reeditado e já existe no âmbito da Assembleia Legislativa do Piauí há mais de 30 anos, em casos de risco de morte ao parlamentar. É público que o deputado Georgiano Neto esteve internado no Hospital Sírio Libanês acometido da Covid, porém, até o momento nem ele nem qualquer outro parlamentar recebeu ressarcimento de despesas nesse sentido", disse o deputado Themístocles Filho, presidente da Alepi.

Deputados que já foram diagnosticados com a Covid-19 no Piauí:

Georgiano Neto (PSD)

 Marden Menezes (PSDB)

Júlio Arcoverde (PP)

Teresa Britto (PV)

Francisco Costa (PT)

 Jannaina Marques (PTB)

Fonte: Com informações da Folha de S.Paulo

Próxima notícia

Dê sua opinião: