CONFRONTO

Suspeito de roubar Banco do Brasil em Miguel Alves morre em confronto com a PM

Duas guarnições policiais realizam diligências em região de matagal entre União e Miguel Alves


Explosão da agência do BB em Miguel Alves

Explosão da agência do BB em Miguel Alves Foto: PMPI

Um dos dez suspeitos de explodir os caixas eletrônicos do Banco do Brasil da cidade de Miguel Alves morreu em confronto com policiais da Força Tarefa da Secretaria de Segurança Pública (SSP-PI) na tarde desta quarta-feira (14). 

Duas guarnições policiais realizam diligências em uma região de intenso matagal entre os municípios de União e Miguel Alves, onde o bando estaria escondido. Com o suspeito que veio a óbito foi encontrado um fuzil 762. Parte do dinheiro roubado da agência bancária já foi recuperada. Os policiais fazem cerco a um grupo com cerca de seis suspeitos nesse momento.

O crime

Na madrugada do último domingo (04) uma quadrilha explodiu a agência do BB de Miguel Alves, município na região norte do Estado situado a 110km de Teresina. Dez bandidos fortemente armados com metralhadoras e explosivos chegaram na cidade em dois carros roubados, mas antes de se dirigir ao banco, para arrombar, fizeram sete clientes de um bar próximo ao local como refém.  

A Polícia Militar foi acionada por volta das 3h15, mas foi recebida por disparos de arma de fogo, houve confronto e foi  pedido reforço a Teresina.

Os bandidos fugiram  na direção de União levando os reféns, que só foram liberados na saída da cidade. Até o momento não foi divulgado a quantia de dinheiro roubada. Este foi o terceiro assalto a Banco do Brasil de Miguel Alves.


Próxima notícia

Dê sua opinião: