ZONA NORTE

Presos suspeitos de se passar por entregadores de aplicativo e realizar assaltos

Jovens foram presos em casa que servia para tráfico de entorpecentes no bairro Água Mineral


Material apreendido em uma casa no bairro Água Mineral

Material apreendido em uma casa no bairro Água Mineral Foto: Yago Araújo

Matheus Marden Silva Freitas e Alberto Jorge Rebelo Júnior, de 21 e 20 anos, respectivamente, foram presos por policiais da Força Tarefa por volta das 12h desta terça-feira (28) no bairro Água Mineral, zona Norte de Teresina.

A dupla é suspeita de ter roubado os pertences de um entregador por delivery da Uber Eats, com a mochila da empresa os dois se passavam pelo entregador e realizavam diversos assaltos na capital.

Eles foram presos em uma residência na Rua Narciso Correia Lima, que era local para venda de drogas como maconha e cocaína. Na casa, os policiais apreenderam desde dinheiro a produtos de furto como caixas de som, televisores, joias e motocicleta roubada, que eram trocados por entorpecentes quando os usuários não tinham dinheiro para comprar. 

Cerca de um quilo de maconha foi encontrado no local. Um jovem também foi apreendido, mas não teve a identidade revelada.

Segundo o Major Audivam Nunes, "a partir de informações do serviço de inteligência esses indivíduos foram localizados nessa casa que é usada como boca de fumo, e com eles muitos objetos produtos de roubos realizados por eles, que usavam uma bolsa que normalmente os entregadores carregam para disfarçar nas abordagens às vítimas", afirma o oficial.

Os suspeitos foram encaminhados juntamente com o material apreendido para a Central de Flagrantes para os procedimentos que o caso requer.

Próxima notícia

Dê sua opinião: