SÃO RAIMUNDO NONATO

Pistoleiro recebeu R$ 1 mil para matar marido de secretária na frente das filhas

A ordem dos mandantes do crime era que a vítima fosse morta na frente das crianças


Assassino de João Rodrigues foi preso em São Raimundo Nonato

Assassino de João Rodrigues foi preso em São Raimundo Nonato Foto: Montagem/Piauí Hoje

O acusado de assassinar a tiros o marido da secretária Assistência Social de São Raimundo Nonato foi preso na tarde de quinta-feira (15), no município de São Lourenço, a 20 km do local do crime. O homem foi identificado como  Juniel Assis Paes Landim e relatou à Polícia Civil durante depoimento que foi contratado por R$ 5 mil para matar João Rodrigues Dias Neto, mas que recebeu R$ 1 mil.

Antes do crime, Juniel recebeu a quantia de R$ 1 mil e o restante ele receberia quando matasse a vítima. O assassino disse ainda que o mandante do crime exigiu que João fosse morto na frente das filhas. Ele revelou o nome de duas que podem ter encomendado o crime. Após o homicídio, Juniel entregou a arma para um dos contratantes. 

Juniel Assis teve a prisão preventiva decretada pelo juiz de direito titular da primeira Vara da Comarca de São Raimundo Nonato, Carlos Alberto Bezerra Chagas. Os mandantes do crime também tiveram a prisão decretada, mas ainda não foram presos. 

Motivação

Os mandantes do assassinato seriam familiares de um homem que foi morto durante acidente de trânsito no mês de junho deste ano em São Raimundo Nonato. O homem morreu após colidir a moto que conduzia contra um animal em uma estrada. Com a colisão, o motociclista caiu no chão e João Rodrigues que vinha atrás em um carro acabou atropelando o homem de nome Pedro. 

Foi realizado perícia e constatado que João Rodrigues não teve culpa no acidente. Mesmo assim, a família de Pedro resolveu vingar a morte dele. Pedro teria morrido na frente dos filhos. 

Os filhos de Pedro passaram a ameaçar João de morte. Por ter visto o pai morrer, eles teriam ordenado que João fosse executado na frente das filhas.

O crime

João Rodrigues, esposo da empresária e secretária Valdenia Costa, foi morto enquanto trafegava em uma motocicleta com as duas filhas na garupa. Ele foi abordado por Juniel, que logo apontou a arma e atirou na vítima na frente das crianças. 

João Rodrigues morreu no local e o suspeito fugiu em seguida, sendo preso 16 horas depois do crime. 

 

Preso suspeito de matar marido de secretária de São Raimundo Nonato

Marido de secretária é assassinado a tiros na frente das filhas no Sul do Piauí

Próxima notícia

Dê sua opinião: