HOMICÍDIO DOLOSO

Homem que energizou cerca de arame farpado é indiciado por morte de criança em Teresina

O homem não foi preso porque já passou o período de flagrante, mas a polícia vai pedir a prisão preventiva dele


Menina de 7 anos morre eletrocutada em cerca de arame farpado energizada

Menina de 7 anos morre eletrocutada em cerca de arame farpado energizada Foto: Montagem Piauí Hoje

O homem que energizou uma cerca de arame farpado e resultou na morte de uma criança de oito anos no bairro Parque Brasil, na zona Norte de Teresina, foi indiciado por homicídio doloso. Alice Monteiro da Silva morreu após sofrer uma descarga elétrica na cerca clandestina ao tentar pegar seriguelas no dia 24 de julho deste ano.

O caso passou a ser investigado pelo 22º Distrito Policial e nessa terça-feira (11/08), o delegado José Erisvaldo Machado ouviu o suspeito. O homem não foi preso porque já passou o prazo do flagrante e agora a polícia vai pedir à Justiça a prisão preventiva dele. 

O suspeito, que teve preservado por medo de represálias, disse à polícia que energizou a cerca por causa de ladrão e que só a deixava ligada durante à noite, portanto esqueceu de desligar no dia da morte da menina.

A Polícia Civil destaca que a cerca energizada já tinha provocado a morte de animais e que populares já tinham advertido o homem a tomar providências, pois poderia matar qualquer pessoa.

Notícia relacionada: Criança morre eletrocutada em cerca elétrica clandestina instalada em casa da Zona Norte

Próxima notícia

Dê sua opinião: