ELEIÇÕES 2020

Político republicano oferece um milhão de dólares por provas de fraude

Dan Patrick quer "incentivar, encorajar e recompensar" as pessoas que apresentarem provas de que houve fraude nas eleições dos Estados Unidos


Dan Patrick, o adjunto do governador do estado do Texas

Dan Patrick, o adjunto do governador do estado do Texas Foto: @Getty

No seio do Partido Republicano continuam surgindo figuras que apoiam as suposições de fraude eleitoral sugeridas por Donald Trump, que, por sinal, ainda não apresentou provas da mesma.

Dan Patrick, o adjunto do governador do estado do Texas, reforçou a alegação e está disposto a oferecer um milhão de dólares (cerca de 5,6 milhões de reais) por provas da suposta fraude, revela a ABC13.

“Apoio os esforços do presidente Trump para comprovar a fraude eleitoral na eleição presidencial e o seu compromisso para se certificar que todos os votos legais são contados e todos os votos ilegais excluídos. Os atrasos na contagem dos votos por correspondência nos outros estados levantam mais questões sobre fraude eleitoral e potenciais erros”, salientou Dan Patrick num comunicado.

Para “incentivar, encorajar e recompensar” quem apresente provas de que houve fraude, Dan Patrick está disposto a oferecer a quantia dividida em parcelas de pelo menos 25 mil dólares (150 mil reais) para cada pessoa que forneça informação que possa ser admissível em tribunal. Um porta-voz assegurou que o dinheiro vai ser retirado dos fundos de campanha de Patrick.

Esta não é a primeira vez que Dan Patrick se destaca pela controvérsia. Em março, disse que os idosos preferiam morrer de Covid-19 do que prejudicar a economia norte-americana.

“Ninguém veio falar comigo para me perguntar, ‘Como um cidadão sênior, está disposto a arriscar a sua sobrevivência em troca de manter a América que todos adoram para os seus filhos e netos?’ Se é essa a troca, então estou totalmente disposto. Isso não me torna mais nobre, corajoso ou algo do gênero. Simplesmente, penso que há muitos avós neste país que pensam como eu”, afirmou.

Esta quarta-feira, o Texas tornou-se o primeiro estado norte-americano a ultrapassar a barreira do milhão de casos de Covid-19.

Fonte: Noticias ao minuto

Próxima notícia

Dê sua opinião: