PET

Saiba tudo sobre o Samoieda, o cão sorridente

Esse cãozinho teve origem na Sibéria, Rússia, há mais de 5 mil anos


Samoieda, o cão sorridente

Samoieda, o cão sorridente Foto: Divulgação

Você já ouviu falar sobre Samoieda, o cão sorridente? Esse bichinho de fartos e macios pelos tem conquistado muitas pessoas pelo seu jeitinho divertido e brincalhão.

Ele é um ótimo companheiro para crianças e vai tornar a sua casa muito mais alegre e divertida, além de ser dócil e fácil de adestrar. Quer saber mais detalhes e as principais características dessa raça? Então, continue a leitura desse artigo!

Origem do Samoieda

Esse cãozinho teve origem na Sibéria, Rússia, há mais de 5 mil anos. Ele leva esse nome em homenagem às tribos nômades dos Samoiedas.

Eles eram tratados como parte da família nas tendas, nas quais se escondiam junto a seus donos. Seu trabalho era manter as crianças aquecidas na cama, já que lá fora o frio era grande.

Como essa raça é muito resistente ao frio, eles foram trazidos para América no início do século XX e foram muito úteis em expedições no Ártico e na Antártida. Mas, foi somente após a Segunda Guerra Mundial que a raça ficou conhecida mundialmente e se popularizou por diversos países.

No ano de 1906, a raça foi oficialmente reconhecida pela American Kennel Club (AKC) e em 1959 pela Federação Cinológica Internacional (FCI).

Principais características

A maioria dos Samoieda tem pelo macio e vasto, o que com certeza é um dos pontos que mais chamam a atenção dessa raça. Ele possui uma camada dupla de pelo, por isso, é muito resistente ao frio e pouco fã do calor.

Apesar de grande parte dos animais dessa raça ter cores mais claras, como branco e creme, os Samoieda podem apresentar cores mescladas, conhecida como pelagem polar.

A impressão de que esse cãozinho está sempre sorrindo é devida a uma curvatura bem acentuada nos cantos extremos dos lábios.

Além disso, outra característica marcante dessa raça, são suas orelhas em pé, com formato triangular, levemente arredondada nas pontas. Normalmente, possuem olhos pretos bem amendoados, dentes fortes e maxilares regulares.

Peso e medida

Um Samoieda macho pode pesar entre 20 e 30 kg e chegar aos 60 cm de altura, já uma fêmea pode pesar de 15 a 22 kg e chegar a 53 cm de altura.

Essa raça tem o comprimento do tronco maior do que a altura da cernelha, tórax profundo e flexível, com costelas bem arqueadas, além de membros musculosos e ossos fortes, que apresentam postura de animal poderoso, livre e incansável.

Temperamento do Samoieda

A característica marcante dessa raça é a inteligência. Apesar de ser um pouco teimoso, ele está classificado na 33° posição no ranking dos cãezinhos mais inteligentes do mundo.

Por ser uma raça bem dócil, a reação do Samoieda perto de outros animais ou de pessoas estranhas é sempre muito boa.

Por isso, caso você tenha crianças em casa, essa raça é recomendada para fazer companhia para os pequenos, já que eles adoram brincar e se divertir.

Mesmo que sua característica seja bem calma, a dica para que eles não desenvolvam um comportamento agitado ou ansioso é praticar atividades físicas regularmente.

Então, escolha horários mais frescos para pular e passear com eles. Outra dica é realizar atividades que exijam raciocínio, para que eles consigam se desenvolver melhor.

Quais cuidados é preciso ter com a raça Samoieda?

Um dos cuidados essenciais está relacionado à pelagem. Como ele tem muitos pelos, devem ser escovados diariamente para garantir a qualidade da pelagem.

Outro aspecto é quanto aos banhos, que devem ser ocasionais, apenas quando necessários, para ajudar a manter a pelagem do Samoieda saudável.

É importante saber que seus pelos são modificados nas diferentes estações do ano, para que durante o calor ele se sinta mais confortável. Por isso, é necessário ter atenção redobrada com a pelagem do amigo.

Casa ou apartamento?

O Samoieda se adapta melhor aos ambientes pequenos, como apartamentos. No entanto, é importante que ele se exercite e faça atividades físicas regularmente em horários mais frescos e dias com menos calor.

Claro, se você tiver uma casa grande com um bom quintal, nada impede que tenha um samoieda, apenas entenda que ele não é um cão para se criar exclusivamente no quintal.

Para que ele viva bem, ofereça uma alimentação balanceada, ótimas condições de higiene, com unhas aparadas e orelhas limpas. Por fim, proporcione muito amor e carinho, para que ele se torne um grande companheiro de sua família.

Fonte: Piaui Hoje

Próxima notícia

Dê sua opinião: