PANDEMIA

Mais cinco piauienses morrem vítima de coronavírus nesta segunda-feira (18) no Piauí

As vítimas, quatro homens e uma mulher são de Teresina, Água Branca, Matias Olímpio e Uruçuí


Coronavírus

Coronavírus Foto: Reprodução

Mais cinco piauienses morreram vítimas do novo coronavírus nas últimas 24h no Estado. As informações são do boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi) às 19h desta segunda-feira (18). 153 novos casos de Covid-19 foram registrados neste mesmo período, com isso o total de infectados sobe para 2.440 casos.

Os pacientes que vieram a óbito são de Teresina, Água Branca, Matias Olímpio e Uruçuí e todos tinham alguma comorbidade. O idoso de 73 anos, de Matias Olímpio, era cardiopata; o de Uruçuí era diabético e tinha 53 anos. o teresinense também era cardiopata e morreu aos 67 anos; a mulher de Água Branca apresentava diabetes e tinha 65 anos e um homem de Pavussu apresentava quadro de infecção. Ele tinha 75 anos.

Agora são 85 mortes no Piauí, sendo 53 homens e 32 mulheres com idades que variam entre 13 e 97 anos. A vítima mais nova era de Pedro II e a mais velha de Teresina. Ambas do sexo feminino. 

113 municípios já apresentam casos registrados do vírus Sars-CoV-2, mais da metada das cidades piauienses. Os municípios que registraram casos pela primeira vez hoje são Avelino Lopes, Dirceu Arcoverde, Dom Inocêncio, Nazaré do Piauí, Nova Santa Rita, Olho Dágua do Piauí, Pavussu e Passagem Franca registraram os primeiros casos da doença.

Nesta segunda-feira, o governador Wellington Dias comemorou em live que o Piauí apresentou 55,4% de índice de isolamento social durante o fim de semana, ficando em sexto lugar entre as cidades com melhor índice.


O que é o COVID-19

COVID-19 é a doença infecciosa causada pelo coronavírus descoberto mais recentemente. Este novo vírus e doença eram desconhecidos antes do início do surto em Wuhan, China, em dezembro de 2019.

Como se proteger do coronavírus

- Lavar as mãos frequentemente por 20 segundos com água e sabão ou higienizá-las com álcool em gel;

- Cobrir o nariz e a boca com um lenço ou o cotovelo ao tossir e espirrar;

- Evitar contato próximo (um metro de distância) com pessoas que não estejam bem;

- Ficar em casa e se isolar das outras pessoas que moram com você caso apresente os sintomas da doença.

Sintomas do COVID-19

Os sintomas mais comuns do COVID-19 são febre, cansaço e tosse seca. Alguns pacientes podem ter dores, congestão nasal, corrimento nasal, dor de garganta, diarreia, perda do olfato e paladar. Esses sintomas geralmente são leves e começam gradualmente. Algumas pessoas são infectadas, mas não desenvolvem sintomas e não se sentem mal.

A maioria das pessoas (cerca de 80%) se recupera da doença sem precisar de tratamento especial. Cerca de 1 em cada 6 pessoas que recebe COVID-19 fica gravemente doente e desenvolve dificuldade em respirar.

As pessoas idosas e as que têm problemas médicos subjacentes, como pressão alta, problemas cardíacos ou diabetes, têm maior probabilidade de desenvolver doenças graves.

Pessoas com febre, tosse e dificuldade em respirar devem procurar atendimento médico.

Quem é do grupo de risco

Idosos e pessoas com condições médicas pré-existentes (como pressão alta, doenças cardíacas, doenças pulmonares, câncer ou diabetes) parecem desenvolver doenças graves com mais frequência do que outros.

Próxima notícia

Dê sua opinião: