PANDEMIA

Justiça concede prisão domiciliar ao ex-coronel Correia Lima, condenado a 129 anos

A defesa pediu a prisão domiciliar devido a pandemia de Covid-19


Correia Lima cumpre pena em presídio de Parnaíba

Correia Lima cumpre pena em presídio de Parnaíba Foto: Arquivo do Piauí Hoje

A juíza  Maria do Perpetuo Socorro, da 1ª Vara Criminal de Parnaíba, concedeu prisão domiciliar ao ex-coronel José Viriato Correia Lima, preso há quase 20 anos por liderar o crime organizado no Piauí na década de 90. O ex-coronel Correia Lima foi condenado a 129 anos e oito meses de prisão em regime fechado. Ele tem 67 anos de idade.

A defesa pediu que Correi Lima fosse retirado da Penitenciária Mista de Parnaíba e cumprisse a pena em casa sob a justificativa que ele é cardiopata e hipertenso, o que o inclui no grupo de risco da Covid-19. A defesa alegou que o presídio tem dezenas de presos infectados pela doença.

O ex-PM não tem mais nenhum familiar no Piauí e seu endereço consta ainda em Teresina. A juíza solicitou a atualização do endereço para que ele  possa ficar recolhido em casa. O endereço deve ser o de sua cidade natal, Iguatu (CE).

A defesa acredita que assim que for emitida a guia de prisão e uma precatória para a Justiça do Ceará, Correia Lima deixará a prisão em Parnaíba, já que o Ministério Público já deu parecer favorável. 

Veja os documentos abaixo:

Parecer favorável do Ministério Público do Piauí

Pedido da defesa

Despacho que concede a prisão domiciliar do ex-coronel Correia Lima

Próxima notícia

Dê sua opinião: