CORONAVÍRUS

Covid-19: Wellington Dias anuncia medidas restritivas para quatro dias no Piauí

Na oportunidade, o governador também falou sobre a retomada das atividades econômicas


Governador fala sobre retomada das atividades no dia 06 de julho

Governador fala sobre retomada das atividades no dia 06 de julho Foto: Piauí Hoje

Em transmissão ao vivo pelas redes sociais, o governador Wellington Dias anuncia novas medidas restritivas para combater o coronavírus no Piauí. As medidas começam a valer na quinta-feira (02) e seguem até o domingo (05). Entre as medidas adotas, está proibida a abertura de supermercados  e postos de combustíveis no sábado e domingo, 04 e 05 de julho.

Enquanto anteriormente, as restrições mais rígidas eram aplicadas às sextas, sábados e domingos, nesta semana iniciará na quinta-feira, ou seja, o que valia somente para a sexta-feira, agora também vale para quinta, e o que antes valia apenas para o domingo, agora vale para sábado e domingo, de acordo com o novo decreto estadual.

Isso significa que na quinta-feira e sexta-feira irá funcionar os serviços considerados essenciais, como supermercados, farmácias, drogarias, padarias, serviços de saúde e de delivery, e postos de combustível. Também será ponto facultativo nos órgãos públicos.

Já no sábado e domingo funcionará apenas farmácias e drogarias, delivery exclusivamente para alimentação; borracharias, postos de combustíveis e pontos de alimentação localizados em rodovias; atividades agrícolas e agroindustriais; e estabelecimentos que funcionem operando forno.

"Somente áreas essenciais à vida como saúde, segurança, farmácias, postos de combustíveis localizados em BRs, abastecimento de águas, energia e comunicação vão funcionar no final de semana", disse o governador.

 Na oportunidade, o governador também fala sobre a retomada das atividades econômicas na próxima segunda-feira (06). "Dia 06 de julho vamos manter as regras de isolamento, exceto para os setores que já havíamos permitido o funcionamento, seguindo a regra do protocolo. É necessário que esses setores sigam o protocolo, têm algumas providências a serem tomadas antes do funcionamento. Os setores grandes são liberados com restrições", explica o governador.

Inicialmente, deve ser liberado para funcionar o setor da construção civil, cumprindo os protocolos estabelecidos no Pacto Para Retomada Organizada – o Pro Piauí, seguindo um cronograma de quatro etapas.

Dias ressaltou o rigor na fiscalização para que o processo seja organizado. “O que queremos é evitar a saída desorganizada, por isso adotamos novamente medidas de redução das atividades em funcionamento iniciando na quinta-feira e finalizando no domingo. Queremos alcançar um bom índice de isolamento nesse período e terá fiscalização do cumprimento desse regramento”, disse.

A restrição maior, de quatro dias, visa quebrar a cadeia de transmissão do vírus. “Se temos pessoas com coronavírus em fase de transmissibilidade, em um período de transmissão de seis ou sete dias, conseguiremos cortar quatro deles. Reduzimos a quantidade de pessoas com coronavírus, com chance de reduzir a ocupação de leitos, buscando condições de ter mais gente saindo de alta hospitalar do que entrando”, avaliou Dias.

Confira:


Próxima notícia

Dê sua opinião: