LUTO

Enfermeira morre após passar por cirurgia plástica no Hospital Unimed

Jessyca Silva trabalhava na Maternidade Dona Evangelina Rosa, em Teresina


Jessyca Maria Alencar da Silva

Jessyca Maria Alencar da Silva Foto: Redes sociais

Atualizada às 15h00

A enfermeira Jessyca Maria Alencar da Silva, de 29 anos, morreu nessa sexta-feira (18/09) após passar por uma cirurgia estética chamada lipoescultura no Hospital Unimed Primavera, na zona Norte de Teresina. A vítima trabalhava na Maternidade Dona Evangelina Rosa (MDER).

Jessyca realizou o procedimento que consistia na retirada da gordura do abdômen para ser aplicada no glúteo na quarta-feira (16/09) e depois ela começou a passar mal. O esposo dela, que é médico, veio de São Luís (MA) para acompanhar uma nova cirurgia na quinta-feira (18), mas Jessyca não resistiu. 

O Hospital Unimed Primavera não entrou em detalhes sobre o caso e divulgou uma nota para comunicar que qualquer informação a respeito dos procedimentos médicos não podem ser divulgados sem a autorização da família ou responsáveis pelo paciente.

Veja a nota do Unimed Primavera:

O secretário de Saúde do Piauí, Florentino Neto, e o Conselho Regional de Enfermagem (COREN-PI) lamentaram a morte da profissional de saúde. Confira as notas:

A Secretaria de Estado da Saúde lamenta profundamente o falecimento da jovem enfermeira Jessyca Maria Alencar da Silva, que trabalhou na Maternidade Dona Evangelina Rosa e tem relevantes serviços prestados à saúde do Piauí. 

Transmitimos nossos sentimentos de solidariedade e compaixão aos familiares, amigos e colegas.

Secretário Florentino Neto.

Mais informações em breve!

Próxima notícia

Dê sua opinião: