PANDEMIA

Covid 19: Governador nega crise de abastecimento no Piauí

Governador deu entrevista coletiva por videoconferência à imprensa nesta quinta-feira (26)


Coletiva de imprensa onde Wellington Dias apresentou novas ações para controle do Coronavírus no Piauí

Coletiva de imprensa onde Wellington Dias apresentou novas ações para controle do Coronavírus no Piauí Foto: Piauihoje.com

Durante entrevista nesta quinta-feira (26), o governador Wellington Dias anunciou que o Exército Brasileiro vai auxiliar os trabalhos realizados pela Polícia Rodoviária Federal, Vigilância Sanitária, Polícia Militar e Civil no monitoramento das barreiras estaduais. Segundo o gestor, todas as pessoas que estejam vindo para o Piauí, seja de outros estados, seja de outros países, em função da pandemia da Covid 19, serão monitoradas.

“Acabei de fazer reunião com o Exército Brasileiro, venho também me comunicando com o Ministro da Defesa e hoje na reunião tivemos entendimento importante, vamos contar com o trabalho deles que vai nos ajudar no aeroporto de Teresina, na vigilância das barreiras para o isolamento social nas entradas de BRs, entradas clandestinas e rodovias estaduais. Qualquer pessoa que vier de outro estado, de outro país, ao entrar no Piauí vai ter o isolamento e cuidados especiais nos primeiros 7 dias. Se tiver sintomas, é suspeito. Hoje temos 160 casos de suspeitos [do Coronavírus], o número é elevado porque nossa barreira está funcionando", afirmou.

Wellington Dias também aproveitou a oportunidade e negou que o Piauí vá enfrentar crise de desabastecimento.

"No Piauí, as distribuidoras, transportadoras e as indústrias estão funcionando, isso significa que o volume de produtos nas Centrais de Distribuição permanece de forma regular, vamos ter de cuidar para não mudar isso. Aquelas distribuidoras que abastecem o mercado, as farmácias, estas devem funcionar. Vou fazer mais uma reunião com distribuidoras, não há impedimento das transportadoras trabalhar no Piauí, a indústria  que produz o álcool, o agronegócio, tudo isso está funcionando, o que estamos pedindo é que quem trabalha por exemplo, em horta comunitária, que tenha os cuidados necessários e use equipamentos de proteção", disse.

Ao final da entrevista, o governador agradeceu a compreensão e participação dos piauienses no enfrentamento ao novo vírus.

"Meu agradecimento aos piauienses, peço bênçãos de Deus como retribuição a todos os profissionais que estão trabalhando na Saúde, na Vigilância, nos municípios, os prefeitos, os voluntários. Quero pedir que não espalhem fake News, notícias falsas, coisas que podem causar pânico na sociedade e pedir muita responsabilidade um com o outro", finalizou.

WhatsApp Audio 2020-03-26 at 13.03.38 (online-audio-converter.com).mp3

Matéria relacionada

Medidas para conter Coronavírus seguirão até que haja segurança para saúde dos piauienses

Próxima notícia

Dê sua opinião: