SAÚDE

Confira dicas importantes para não exagerar na alimentação durante o isolamento social

Manter uma alimentação saudável em um período cheio de restrições chega a ser alvo desafiador para algumas pessoas.


Alimentação

Alimentação Foto: Divulgação

Com a necessidade de isolamento social por conta do risco de propagação do coronavírus, a população aos poucos teve que se adaptar a uma nova realidade em todo um mundo. A alimentação, por exemplo, tem sido um dos itens que requer bastante atenção devido aos excessos cometidos durante as refeições.

A nutricionista do Medplan, Germana Costa, explica que durante as refeições é fundamental redobrar os cuidados com o objetivo de evitar exageros. "O momento requer que as pessoas possam se cuidar ainda mais para manter a saúde em dia. É importante fazer um planejamento com os horários adequados de alimentação, assim fazendo de cinco a seis refeições todos os dias. Outro ponto que merece atenção é manter um planejamento de compras e adquirir somente aquilo que realmente necessita. Além disso, é necessário evitar comprar alimentos hipercalóricos e industrializados, e procurar realizar uma atividade física para manter-se ativo", destacou a nutricionista.

Manter uma alimentação saudável em um período cheio de restrições chega a ser alvo desafiador para algumas pessoas. Assim, é necessário que alguns alimentos sejam colocados de lado ou mesmo consumidos com menor frequência, como afirma a nutricionista Germana Costa.

"Um ponto importante é que as pessoas possam estabelecer dias para comer as chamadas guloseimas. Esses alimentos não são proibidos, mas em grandes quantidades vão ocasionar o excesso de peso e isso é algo bastante prejudicial para a nossa saúde. Na hora da refeição, por exemplo, devemos procurar se alimentar sem pressa, e manter uma boa hidratação é um fator importante para o organismo. Isso sem falar que é recomendado evitar os alimentos industrializados, frituras e manter uma boa qualidade de sono evitando passar a noite em redes sociais e fazendo uso de eletrônicos", afirmou a nutricionista.

Nessa época, é necessário redobrar à atenção com a imunidade do organismo. Comer de forma errada e dormir mal são alguns fatores que podem contribuir para a redução da imunidade.  Assim, deixando o organismo mais susceptível para contrair algumas doenças.

"Por isso é primordial que as pessoas possam manter uma boa imunidade do organismo. O indicado é que elas façam a ingestão de alimentos mais saudáveis. Arroz, feijão, carne, frutas e verduras são importantes nesse processo. Diminuir os produtos industrializados, excesso de açúcar e bebidas alcoólicas é algo essencial. Alguns super alimentos também auxiliam na imunidade como castanha, gengibre, canela, chá de limão e temperos naturais", disse a nutricionista do Medplan, Germana Costa.

Fonte: Iconenoticia

Próxima notícia

Dê sua opinião: