RALLY DOS SERTÕES

Guiga Spinelli e Youssef Haddad chegam em 2º na etapa de abertura da competição

Bruno van Enck e Edu Costa, integrantes da equipe Mitsubishi Spinelli Racing, garantiram o 5º lugar na categoria T2


Rally dos Sertões

Rally dos Sertões Foto: Divulgação

Costa Rica (MS) - Os 487 km que ligam as cidades de Campo Grande e Costa Rica, no Mato Grosso do Sul, deram a largada para a 27ª edição do Rally dos Sertões neste domingo, 25/08. A bordo do novíssimo Mitsubishi L200 Triton Sport Racing, o piloto Guiga Spinelli e o navegador Youssef Haddad sacramentaram a volta à competição garantindo o 2º lugar na primeira etapa do maior rally das Américas com o tempo de 2h40m46s. A liderança ficou com a dupla Cristian Baumgart / Beco Andreotti com 2h39m35s, uma diferença de 1m11s.

"Hoje a especial foi mais curta do que o esperado porque a organização teve um problema com o circuito. Para nós, foi importante ter tido essa experiência com o carro em um trecho mais longo. O carro se comportou muito bem e agora vamos analisar o funcionamento dele a cada dia e, se der, apertar o ritmo pouco a pouco", conta Guiga Spinelli, pentacampeão do Sertões. 

A primeira etapa do Sertões, nesse domingo, terminou mais cedo para UTVs e carros. Um fazendeiro da região, que havia dado autorização para a passagem da prova, decidiu impedir que os competidores entrassem na propriedade. A carreata então seguiu viagem para Costa Rica pelo asfalto.   

"Foi um bom primeiro dia. Optamos por largar de forma mais cautelosa para poder entender melhor as reações do carro em cada momento, ainda mais sendo o carro que abriu a especial. Os aparelhos de navegação também eram novidades para esse rali. Conforme fomos nos sentindo mais à vontade dentro da prova, fomos nos soltando e conseguimos terminar o que seria o primeiro trecho em um ritmo muito bom. Pena que a segunda parte da especial teve que ser cancelada, justamente no momento que estávamos mais encaixados. Agora temos que nos preparar para os próximos dias porque o Sertões está só começando", analisa Youssef Haddad.

A segunda etapa acontece nesta segunda-feira, 26/08, com destino a cidade de Barra do Garças, no Mato Grosso. Serão 644km, sendo 533km de especial, quando os carros têm o percurso cronometrado. Os competidores irão encontrar trechos de serra, areia, cascalho, travessia de rios e retas, nas quais será possível alcançar uma velocidade de 180 km/h. Lombas de curva de nível caracterizarão bem os 200 primeiros quilômetros da etapa. Daí para frente o ritmo de prova mudará e terá zonas de radar nas áreas de pontes.

A outra dupla da equipe Mitsubishi Spinelli Racing, Bruno van Enck e Edu Costa, terminou o dia na 26ª posição geral. Com o tempo de 3h17m56s eles garantiram o 5º lugar na categoria Production T2 competindo com o carro Mitsubishi L200 Triton Sport R.  

O Sertões começou no domingo, 25/08, saindo de Campo Grande (MS) com destino a Aquiraz (CE). No total serão percorridos 4.887,59 km sendo 2.858,46 km de especiais, 58,4% da prova. A chegada será no dia 1º de setembro.

Acompanhe as fotos e vídeos da equipe na competição: https://bit.ly/2Mw4EXm 

Resultado da 1ª etapa e geral dos carros – Campo Grande / Costa Rica

1º) Cristian Baumgart / Beco Andreotti - 2h39m35s

2º) Guiga Spinelli/Youssef Haddad - 2h40m46s

3º) Luiz Facco / Humberto Ribeiro – 2h41m55s

4º) Marcos Baumgart / Kleber Cincea – 2h41m57s

26º) Bruno van Enck / Edu Costa – 3h17m56s (5º lugar T2)

2ª etapa – 26/08: Costa Rica (MS) - Barra do Garças (MT)
Deslocamento inicial – 89,77 km
Especial (Cronometrado) – 533,08 km
Deslocamento final – 21,51 km
Total do dia – 644,36 km

Sobre a Mitsubishi Brasil: 

A Mitsubishi Motors está presente no Brasil há 27 anos e, desde 1998, possui sua fábrica no município de Catalão (GO). Já são mais de 400 mil veículos produzidos em solo brasileiro e 600 mil vendidos, além de mais de 60.000 motores produzidos desde 2014. A Mitsubishi é única montadora na América Latina que tem uma linha de produção de veículos de corrida. Há 25 anos promove ralis e eventos off-road e é a maior campeã do Rally dos Sertões.

Sobre o Sertões:  

Na sua 27ª edição, o Sertões traz muitas novidades. Projeta o futuro em três dimensões: Esporte, Social e Turismo. O lado competitivo da prova evolui com novos desafios de navegação, velocidade e tecnologia. O Lado Social, também conhecido pelo trabalho do S.A.S. (Saúde e Alegria nos Sertões), praticamente dobra a sua capacidade de atendimento das populações sertanejas por onde o Sertões passa. Cidades remotas com população carente. Finalmente: a dimensão turística. O Sertões mostra lugares que pouca gente conhece e agora tem uma estrutura capaz de levar turistas para acompanhar a prova e todas as atrações do entorno. Mais ainda, as “Expedições Sertões” são agora uma opção de viagens aberta o ano inteiro.

Fonte: Alice Furtado

Próxima notícia

Dê sua opinião: