EVENTO

Piauí fica em 5º lugar no Prêmio Sebrae Top 100 de Artesanato

O evento foi realizado no Centro Sebrae de Referência do Artesanato Brasileiro (CRAB), no Rio de Janeiro.


Premiação

Premiação Foto: Divulgação

O Sebrae premiou os vencedores da 5ª edição do Prêmio Sebrae Top 100 de Artesanato. O evento que tem como objetivo identificar e premiar as unidades produtoras de artesanato mais competitivas do Brasil e foi realizado no Centro Sebrae de Referência do Artesanato Brasileiro (Crab), no Rio de Janeiro.

Em sua quinta edição, destacou as unidades de produção artesanal não somente pela qualidade de seus produtos, mas também por suas práticas de gestão. Foram mais de 1.200 trabalhos analisados de todo o país. O Piauí ficou em 5º lugar entre todos os estados, com oito unidades artesanais premiadas: Ateliê Josielton Sousa; André Vitor da Cruz; Oi.ti Joias; Trapos e Fiapos; Francisco Filho (Camede); Raimundo Costa (Camede); Edinaldo dos Santos (Camede) e Santana Oliveira (Camede).

Para a presidente da Cooperativa de Artesanato Mestre Dezinho (Camede), Santana Oliveira, o evento é de grande importância para os artesãos piauienses e para o Estado. “Ficamos entre os melhores do Brasil e isso representa uma grande conquista, pois amplia a força que tem nosso artesanato. Além disso, os artesãos premiados terão eventos patrocinados pelo Sebrae por dois anos e com rodadas de negócios”, pontua.

O artesão Josielton Sousa fala da importância do Prêmio Sebrae Top 100 de Artesanato. “A premiação é importante para divulgar o meu trabalho e o nosso artesanato. Fazer novos negócios e conhecer novos parceiros”, destaca.

Desde sua primeira edição, em 2006, o Top 100 de Artesanato tem sido considerado uma iniciativa de sucesso e que a cada ano se consolida como a mais importante e pioneira ação direcionada às unidades produtoras de artesanato mais competitivas do Brasil.

Veja também:

Salário mínimo seria de R$ 1.285 em 2023; proposta de orçamento prevê R$ 1.302

Pesquisa aponta formas de estímulo ao campismo e ao caravanismo

Estudantes buscam descontos da Black Friday para dar continuidade aos estudos

Fonte: CCOM

Próxima notícia

Dê sua opinião: