LUTO NA ARTE

Roberto Carlos lamenta morte do amigo Erasmo: “Minha dor é muito grande”

“Ele viverá sempre no meu coração. Que nosso Deus de bondade o proteja e o abençoe sempre”, disse o rei em mensagem gravada


Erasmo e Roberto Carlos em show de fim de ano na Globo

Erasmo e Roberto Carlos em show de fim de ano na Globo Foto: G1

O cantor e compositor Roberto Carlos lamentou profundamente a morte de seu amigo e parceiro de música Erasmo Carlos nesta terça-feira (22). “Minha dor é muito grande”, declarou. “Ele viverá sempre no meu coração”, completou.

"Minha dor é muito grande. Nem sei como dizer tudo o que eu penso desse meu amigo, desse meu amigo querido, meu grande irmão, meu ídolo... Por tudo, pela sua lealdade, sua inteligência, sua bondade, por tudo o que eu conheço dele. Um ser humano maravilhoso esse meu irmão. É um privilégio pra mim ter um amigo assim, um irmão, por todos esses anos", disse Roberto, em uma mensagem gravada a pedido do Jornal Nacional, da TV Globo.

"Difícil encontrar palavras pra falar desse cara... Esse cara, o meu amigo Erasmo Carlos. Ele viverá sempre no meu coração. Que nosso Deus de bondade o proteja e o abençoe sempre. Amém, amém amém", continuou.

Segundo a revista Veja, Roberto estava em sua casa, no Rio de Janeiro, quando recebeu uma ligação da família de Erasmo antes mesmo de a informação sobre a morte ser divulgada para a imprensa.

A despedida entre os dois amigos aconteceu um dia antes, quando Roberto foi visitar Erasmo no hospital nesta segunda-feira (21), e a sua condição clínica já preocupava.

Veja também:

Morre o cantor e compositor Erasmo Carlos, aos 81 anos

Morre o cantor cubano Pablo Milanés, que escreveu a trilha sonora da Revolução Cubana

Gal Costa morre aos 77 anos

Fonte: Brasil 247

Próxima notícia

Dê sua opinião: